Homem é preso após ameaçar Jodie Comer, de Killing Eve

Segundo relato das autoridades, a família de Jodie Comer também recebeu intimidações na internet

Felipe Grutter (com supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 04/08/2021, às 10h53

None
Jodie Comer (Foto: Amy Sussman/Equipe)

Homem foi preso na França após ameaçar a vida de Jodie Comer, estrela de Killing Eve: Dupla Obsessão, série da BBC America disponível no Globoplay. Intérprete da assassina Villanelle, a atriz teria alertado as autoridades após receber uma série de intimidações bizarras na internet, segundo informações do NME.

O suspeito de 44 anos foi preso após a polícia invadir a casa dele na cidade de Roubaix, no norte do país. Comer teria recebido uma série de mensagens ameaçadoras do homem, uma delas dizia: "Vou à Inglaterra para criar carnificina."

+++LEIA MAIS: Mad Max: Jodie Comer, estrela de Killing Eve, pode interpretar Furiosa em prequel de Estrada da Fúria

De acordo com o site, especialistas em tecnologia conseguiram rastrear a localização do homem, antes de policiais armados invadirem a casa durante um ataque ao amanhecer. Autoridades apreenderam diversos arquivos de computador e equipamentos técnicos. Um porta-voz dos promotores fez uma declaração.

"Seguindo uma abordagem oficial das autoridades britânicas, um homem foi levado sob custódia por atos de assédio contra uma atriz inglesa," afirmou o porta-voz. O homem agora está sob fiança enquanto promotores e polícia aguardam a divulgação dos resultados de um exame médico.

+++LEIA MAIS: 4 séries para conhecer Jodie Comer - além de Killing Eve [LISTA]

Segundo Daily Mail, um indivíduo começou a assediar Jodie Comer nas redes sociais antes de assediar a família na internet. Uma fonte policial disse à publicação: "É evidente a existência de uma grande preocupação, porque alguém enviou ameaças de morte à atriz. A polícia aqui foi contatada pela primeira vez pela polícia britânica em 30 de junho de 2021 e solicitada a fazer investigações, antes da prisão."

"A investigação envolve ameaças e assédio feitos via mídia social e e-mail para a atriz Jodie Comer e membros da família dela," continuou. A artista também estava ausente no Instagram enquanto a investigação começou, mas voltou, limitando todos os comentários nas publicações.

+++LEIA MAIS: Quarta temporada de Killing Eve marca o fim da série; saiba mais


+++ FIUK: 'TENHO ROCK NA VEIA DESDE CRIANÇA' | ENTREVISTA | RS