Homem invadiu a Globo e ameaçou repórter com faca para encontrar Renata Vasconcellos

Ainda não identificado, o homem já foi detido e nenhum funcionário da emissora foi ferido

Redação Publicado em 11/06/2020, às 08h20

None
Sede de Jornalismo da TV Globo no Rio de Janeiro (foto: reprodução/ TV Globo)

Um homem invadiu a central de jornalismo da rede TVGlobo, na zona sul do Rio de Janeiro, ameaçou os funcionários com uma faca e tomou como refém a repórter Marina Araújo. 

O invasor exigia falar com Renata Vasconcellos, que completou 48 anos nesta quarta-feira. A emissora chamou a polícia militar, que enviou o comandante Heitor Pereira para negociar com o homem.

+++LEIA MAIS: Eduardo Bolsonaro critica programação da Globo e Fátima Bernardes: ‘Incentivando que o público se masturbe’

Após ser instruída pelo policial, Renata dirigiu-se ao invasor, que liberou a refém assim que foi atendido pela apresentadora do Jornal Nacional e em seguida foi detido. Ninguém se feriu no incidente, que a Globo afirma ter sido sem motivação política. 

"A Globo repudia com veemência todo tipo de violência. Foi obra de alguém com distúrbios mentais, sem nenhuma conotação política. Um homem que exigia ver a jornalista Renata Vasconcellos. Seguindo instruções do comandante Heitor, Renata compareceu ao local onde estava Marina e o invasor. Tão logo ele a viu, largou a faca e libertou Marina. Foi preso imediatamente", disse a emissora em nota.

+++LEIA MAIS: Como estão os atores de Lagoa Azul, clássico da Sessão da Tarde

O homem, ainda não identificado, teria feito a repórter de refém logo na entrada da emissora, por isso, os seguranças não reagiram, por medo que ele tivesse uma arma de fogo. O seu objetivo, segundo dizia, era falar com a apresentadora do "Jornal Nacional".

Segundo as pessoas que presenciaram a situação, o homem teria a intenção de aparecer ao vivo na Globo. Ele chegou a pedir o sinal do Globoplay para ver se estava na TV. Os funcionários, então, colocaram uma câmera fingindo que estava ao vivo, mas só transmitia o sinal internamente, como se fosse um repórter.


+++ DELACRUZ | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO