HOTLIST #25

A coluna semanal com os lançamentos mais quentes da música brasileira, escolhidos pela Rolling Stone Brasil

Redação | Curadoria: Julia Harumi Morita (@the_harumi) e Nicolle Cabral (@NicolleCabral) Publicado em 11/10/2020, às 10h00

None

Depois de uma breve pausa, a HOTLIST, uma coluna semanal com os principais lançamentos da música nacional dos últimos sete dias, está de volta. E, desta vez, apresentamos a #25ª edição com 20 seleções musicais palpitantes de artistas em diferentes frentes da música brasileira.

Ao longo desses dias, muitas novidades rolaram, como, por exemplo, a Drik Barbosa estrelar como uma personagem de videogame e lançar uma trilha sonora inspiradora para o jogo, intitulada de "Infalível". Demais, né? A Flor, neta de apenas 12 anos de Gilberto Gil, também lançou o primeiro EP da carreira ao lado do avô, intitulado de De Avô Pra Neta, enquanto Mel, depois de despedir da Banda Uó, enfim voou solo com o lançamento de "A Partir de Hoje". 

+++ LEIA MAIS: HOTLIST #24 com Luedji Luna, Emicida e Ivete Sangalo, Titãs, Sound Bullet, MOMO

A Rolling Stone Brasil também separou alguns artistas para você ficar de olho, como o primeiro single “Dita Benedita” de Elizabeth Mennezes, o indie pop delicioso e dançante da dupla paulistana A Balsa, e a nova faixa da banda de rock produzida por Lucas Silveira (Fresno), LAVOLTA

Nesta edição da HOTLIST, além dos nomes já citados Drik Barbosa, Flor, Mel, A Balsa, Elizabeth Mennezes e LAVOLTA, estão: Manifeste, Lucas Gonçalves, Matheus Noronha, GENTIL, Potyguara Bardo, FLORA, Giulia Be e Luan Santana, Sergiopí, Herbert Vianna, Daniel Tupy, Ilessi, Guilherme Kafé, RROCHA e Lucas Bernoldi. Veja abaixo as novidades: 

Manifeste - “Boa Noite”

A banda Manifeste começou um novo ciclo da carreira com a canção “Boa Noite”, lançada nas plataformas digitais na última segunda-feira, 5. É quase como uma estreia, pois os músicos Façanha (vocal), Bruno Santana (violão e guitarra), Silvio Junior (guitarra), Jhow Onorato (bateria) e Igor Loth (baixo) retiraram todas as faixas anteriores do streaming e do Youtube. 

Produzida pelo selo Rockambole, “Boa Noite” foi composta coletivamente pelos integrantes do quinteto. Com vocais e guitarras melódicas, a canção mergulha em um rock melancólico para falar sobre a saúde mental e a luta contra a depressão. É uma ótima recomendação para quem já curte o som de bandas como Scalene e Supercombo. [Texto: Julia Harumi Morita | @the_harumi]


Lucas Gonçalves - Se Chover

“Se chover / Guarde num copo vazio / Minha sede começa a bater se chover”. É com essa escrita delicada que Lucas Gonçalves abre o disco Se Chover, lançado na última quarta-feira, 7, pelo selo Pequeno Imprevisto. (Ouça aqui o álbum completo no Spotify)

O baixista da banda Magloree vocalista e guitarrista da Vitreaux fez uma belíssima estreia da carreira solo com 11 canções, que oscilam entre o folk e mpb. Sem nenhum som ou beat eletrônico, o músico se inspirou na calmaria de Passa Quatro, em Minas Gerais, para compor um álbum sonoro de memórias, que passa pela infância e imagina a própria morte.

Se Chover é um disco perfeito para escutar em uma tarde tranquila, em que nossos pensamentos voam longe e olham para os dias de sol e chuva da vida de outros ângulos e ritmos. [Texto: Julia Harumi Morita | @the_harumi]


Mel - "A Partir de Hoje"

"A Partir de Hoje" marca os primeiros passos de Mel Gonçalves fora da alçada da Banda Uó. A faixa, produzida por Felipe Cordeiro e escrita por Gabriel Valentina, é o primeiro lançamento da cantora em carreira solo. "É uma canção sobre renascimento. Depois que o tempo passa, as coisas mudam, entendemos que nosso primeiro objetivo é se cuidar para conseguir seguir e aprender com os baques da vida, principalmente os afetivos", comenta Mel.

Em "A Partir de Hoje", a artista flerta com a música pop brasileira, recursos orquestrais e também brinca com a sonoridade dos violões flamencos. A faixa foi lançada na última quinta, 8, e está disponível nas plataformas digitais e no YouTube. [Texto: Nicolle Cabral | @NicolleCabral]


Gil e Flor - "De Avô Pra Neta"

Com apenas 12 anos, Flor é a nova artista da família. Ao lado do avô, Gilberto Gil, a jovem lança o EP De Avô Pra Neta, que conta com três faixas "No Norte da Saudade", "Refazenda" e "Nel Blu Dipinto Di Blu (Volare)". O gigante da MPB já havia dividido apresentações com a neta, porém, esse é o primeiro projeto autoral oficialmente lançado. 

De Avô Pra Neta chegou na última sexta, 9, nas plataformas digitais e estreou com o clipe de "No Norte da Saudade", assista abaixo: [Texto: Nicolle Cabral | @NicolleCabral]


Drik Barbosa - "Infalível" 

"Das batalhas de rima, para as batalhas de game", anuncia Drik Barbosa com o lançamento de "Infalível". Lançada na última sexta, 9, a faixa foi criada para o jogo Mayara & Annabelle: Idle Battles (disponível para Android e iOS), uma parceria inédita entre a Laboratório Fantasma e a Skullfuish Studio

Inspirada na música "My Power", do disco The Gift, de Beyoncé, Drik enfatiza o discurso do poder feminino e da representatividade ao se transformar em uma personagem do jogo. "Na maioria das vezes, as mulheres são apresentadas de formas estereotipadas. Quando eu apareço dentro de um game, represento meninas e mulheres pretas. Espero que elas possam se identificar com uma personagem pretinha que tem uma personalidade forte e parecida com a delas. É sobre lutar, ser guerreira, matar os monstros e quebrar barreiras", enfatiza Drik

"Infalível" tem a produção assinada por Grou e está disponível em todas as plataformas digitais. Assista ao clipe abaixo: [Texto: Nicolle Cabral | @NicolleCabral]


Matheus Noronha - “Flotando

Na última sexta, 9, Matheus Noronha deu início a uma trilogia de singles autoriais com a faixa "Flotando". Com sintetizadores, uma guitarra distorcida, o violão de nylon e violinos, o músico constrói uma sonoridade leve, como se tivesse a intenção de levar o ouvinte para dentro de um sonho.

A sensação, contudo, é proposital. "Flotando" foi escrita em inglês e espanhol a partir das reflexões da obra The Yearning (2016), da escritora sul-africana Mohale Mashigo — boa parte dos trechos que inspiraram a canção foram derivados de momentos de "alucinações". Fortemente influenciado pelo folk e o indie, Matheus já havia lançado duas outras canções, "I Saw You" (2018) e "El Paso Que Va Cambiando" (2020). Os próximos lançamentos devem acontecer entre novembro e dezembro. Ouça "Flotoando" abaixo: [Texto: Nicolle Cabral | @NicolleCabral]


GENTIL - "Meu tempo para falar" 

Após aparecer na edição #16 da HOTLIST com o single "Livre de Culpa", Gentil Nascimento (ex-baterista do Kill Moves) retorna com mais um novo lançamento saboroso, "Meu tempo pra falar". A nova faixa é a segunda de quatro singles que ainda serão lançados em 2020 — e, posteriormente, transformados em um EP de estreia. 

Produzida e executada pelo próprio artista, "Meu tempo pra falar" mantém a atmosfera indie mesclada com batidas eletrônicas, mas ganha um atrativo pela gaita doída entre os versos que narram o depois da perda de um grande amor (e todos aqueles "e se"). A faixa já está disponível nas plataformas digitais e você pode ouvir aqui. [Texto: Nicolle Cabral | @NicolleCabral]


Potyguara Bardo - "Overdue"

Lançada na última sexta, 9, "Overdue" é o mais novo single da cantora e compositora Potyguara Bardo em parceria com o Sample Hate — duo formado por Artur Propino e Dante Augusto. A faixa dá contuidade a "Curupira", citada já na edição #10 da HOTLIST. "Overdue" se debruça em temas como paixões e encontros, porém, de forma virtual. A cantora enfatiza a noção de todos nós estarmos vivendo "em uma núvem" durante esse período de isolamento social. Ouça a produção abaixo: [Texto: Nicolle Cabral | @NicolleCabral]


FLORA - A Emocionante Fraqueza dos Fortes 

A Emocionante Fraqueza dos Fortes é o primeiro disco de estúdio de FLORA, que chegou na última sexta, 9, nas plataformas de streaming pelo selo LAB 344. Com 10 faixas, o disco faz um percurso sedutor com pausas, texturas e timbres bem colocados da cantora alagoana. Para quem gosta da Luiza Lian, por exemplo, pode se deliciar com as canções "Só de Amor", "Dança do Ente" e "Triângulos" (esta, em especial). 

Além das faixas autorais, FLORA apresenta uma versão de "Sua Estupidez", de Roberto Carlos e Erasmo Carlos, que, inclusive, foi elogiada pelo Rei. A Emocionante Fraqueza dos Fortes foi produzido por Wado. Ouça aqui: [Texto: Nicolle Cabral | @NicolleCabral]


Giulia Be e Luan Santana - "Inesquecível"

Giula Be lança a primeira parceria da carreira com Luan Santana, "Inesquecível". A faixa foi produzida por Paul Ralphes e a equipe responsável pelo EP solta, além de ter sido finalizada por Colin Leonard — responsável pelo sucesso "Wap", da Cardi B com a Megan Thee Stallion.

Como a faixa foi composta originalmente em espanhol, a cantora decidiu fazer um lançamento duplo e também colocar nas pistas "Inolvidable". As faixas são os primeiros novos trabalhos da cantora depois do lançamento do EP de estreia. [Texto: Nicolle Cabral | @NicolleCabral]


LAVOLTA - "Dia Comum"

"Dia Comum" é o quarto single de Sinto Muito, projeto da banda LAVOLTA, que conta com a produção de Lucas Silveira (FRESNO), Fábio Pinczowski (Vanguart e O Terno), além de participações de 1LUM3 (em "Há Quanto Tempo (Samba Triste)") e Gustavo Bertoni (Scalene). 

No total, a LAVOLTA planeja o lançamento de 10 singles, em que cada um retrata um personagem principal lidando com as próprias emoções ao longo do tempo e de cada tema. Em "Dia Comum", sentimos o despertar de uma paixão inesperada. "Sei lá, eu perco o medo / E paro de pensar / Na morte eu vejo a sorte / De ver você dançar". [Texto: Nicolle Cabral | @NicolleCabral]


Sergiopí - "Saudade Vazia" e “Lacan X9”

O dream pop envolvente de Sergiopí já apareceu pelas páginas da Rolling Stone Brasil (HOTLIST #23) com o single “Quem É Você no Meu Tempo?” e voltou com mais duas músicas, “Saudade Vazia” e “Lacan X9” (confira aqui em todas as plataformas digitais). As canções farão parte do disco Auradelic, que está programado para ser lançado no mês de novembro.  [Texto: Julia Harumi Morita | @the_harumi]


Herbert Vianna - “Pinball Wizard”

Herbert Vianna, do Paralamas do Sucesso, divulgou a primeira canção de um projeto nostálgico e digno de quem tem quase 40 anos de carreira. O quinto disco da carreira do músico, HV Sessions - Volume 1, reunirá clássicos do rock que influenciaram o artista ao longo dos anos. E, para abrir o projeto, Vianna divulgou um cover de “Pinball Wizard”, do The Who. [Texto: Julia Harumi Morita | @the_harumi]


Daniel Tupy - Bem

Daniel Tupy, que já foi destaque na HOTLIST (edição #23, que você pode ler aqui), estreou em carreira solo com o EP Bem, lançado nas plataformas digitais na última sexta-feira, 9, pelo selo LogoLogo. 

Como se pintasse um autorretrato em cima de um espelho, o músico tenta compreender a própria identidade, retoma sentimentos do passado e se torna emocionalmente mais íntimo dos ouvintes que já acompanhavam o trabalho dele na banda Marrakesh.

O projeto conta com quatro músicas, as quais flutuam entre trip hop e lo-fi, eletrônico e acústico, inglês e português. Todas as faixas foram escritas e produzidas por Tupy ao lado de Thomas Berti (Marrakesh), Vitor Milagres (Rosabege) e Thiago Fernandes. (Ouça aqui o EP completo no Spotify) [Texto: Julia Harumi Morita | @the_harumi]


Ilessi - Dama de Espadas

Ilessi é outra artista que traz uma estreia para a HOTLIST desta semana. Depois de lançar três discos, a cantora apresentou pela primeira vez um álbum com músicas próprias na última sexta-feira, 9.

Dama de Espadas, do selo Rocinante, parte do blues (“Dama de Espadas”), passa pela bossa nova (“Mar de Te Amar”) e beira o noise (“Vivo ou Morto”). Illesi ainda dedica uma oração vibrante a Gilberto Gil  e cita um trecho do discurso do  norte-americano James Baldwin, escritor e ativista do movimento negro.

Dona uma voz poderosa, Ilessi brinca com harmonias, vocais rasgados e tons debochados. A artista canta sobre ser amante, ser mulher, ser política, ser negra e ter o lugar de fala roubado com um jogo de palavras hipnotizante. (Ouça aqui o disco completo no Spotify) [Texto: Julia Harumi Morita | @the_harumi]


A Balsa - “Veraneio Temporal”

A Balsa é uma dupla paulistana formada por Fil Souza e Brunno Bari que aposta em um indie pop dançante e uma estética lo-fi. Os músicos divulgaram o single “Veraneio Temporal”  na última sexta-feira, 9, como parte de um projeto de lançamentos de singles, que começou em setembro.

A música possui uma letra despretensiosa e um clipe gostoso de assistir. Filmado em Londres, pelo diretor  Fabrício Rodrigues, o vídeo traz imagens saudosistas dos tempos de verão em que as pessoas não estavam cercada de incertezas e se reuniam para tomar sol. Mas o clima nostálgico não dura muito tempo e se mistura com uma espécie de releitura do passado protagonizada por pessoas encapuzadas. [Texto: Julia Harumi Morita | @the_harumi]


Elizabeth Mennezes - “Dita Benedita”

Dita Benedita” marca o início da carreira da cantora e compositora Elizabeth Mennezes, que faz parte do time do selo da Bangue Records. Lançado na última sexta-feira, 9, o single respira MPB e mostra uma prévia do disco de estreia da artista, Beiral. [Texto: Julia Harumi Morita | @the_harumi]


Guilherme Kafé - "Moça das Coisas de Lá" 

Depois do primeiro disco Eu sou o tipo de pessoa que pode transformar tudo em sua casa, Guilherme Kafé se prepara para o lançamento do novo EP Oscuro, ainda previsto para 2020. Na última sexta, 9, soltou "Moça das Coisas de Lá", que narra uma paixão intensa com referências aos Orixás, como Iansã. "Foi trovão / Deu calor / Foi tão bom / Que doeu". [Texto: Nicolle Cabral | @NicolleCabral]


RROCHA - "RUA"

Com um disco previsto para o primeiro semestre de 2021, Conterrâneos Estrangeiros, RROCHA apresenta o single "RUA". A primeira faixa vem com um lyric vídeo repleto de fotos tiradas no começo de 2019, em Los Angeles, Rio de Janeiro e São Paulo.

A intenção do artista é deixar explícito impacto das formas artísticas na própria vida: "Buscar a minha identidade através da troca e da expressão artística em algo que me faça novo. Unir tudo que me representa em forma de música, filme, livro, beat, o que for, e apenas ser e estar presente comigo ali, livre", pontua Rafael Rocha. "Não caibo em mim / Carrego o peso do que me faz breve / Não cabe a mim / Careço como tudo que é assim". [Texto: Nicolle Cabral | @NicolleCabral]


Lucas Bernoldi - Muito Demais

Lucas Bernoldi nos convida para dançar com leveza no terceiro disco da carreira, Muito Demais, divulgado pelo selo Bangue Records e disponível no YoutubeSpotify desde o último sábado, 10.

Ao lado dos músicos Filipe Gomes (bateria), Gabriel Catanzaro (baixo), Pedro Bienemann (guitarra), Mirella Celeri (vocais), Bernoldi assinou pela primeira vez a direção musical do próprio disco e, novamente, explorou de forma contagiante ritmos que transbordam brasilidade. 

Muito Demais ainda conta com as participações especiais dos músicos Jairo Pereira (Aláfia), Papisa, Mãeana, Rafael Rocha e Arnaldo Tifu [Texto: Julia Harumi Morita | @the_harumi]


+++ TERNO REI: ‘ANTES DE LANÇAR, VOCÊ NUNCA SABE SE É BOM OU RUIM’ | ROLLING STONE