HOTLIST #37

A coluna semanal com os lançamentos mais quentes da música brasileira, escolhidos pela Rolling Stone Brasil

Redação | Curadoria: Camilla Millan (@camillamillan), Igor Brunaldi (@igg.zz ) e Julia Harumi Morita (@the_harumi) Publicado em 10/01/2021, às 10h00

None

Depois de uma edição especial com os últimos lançamentos de 2020 e as primeiras novidades de 2021 (que você pode conferir na HOTLIST #36), começamos a retomar, aos poucos, o ritmo da nossa curadoria semanal dos principais lançamentos da música brasileira.

Na primeira semana útil do ano, Fernanda Abreu, Vanessa da Mata, Angrae Flavy e os Espelhos de Okê compartilharam gravações inéditas de performances especiais. Além disso, a cena nacional ganhou uma produção audiovisual incrível de Mc Tha e músicas novas de Konai, Léo Santana, VitãoGal Costa, Tim Bernardes e Criolo, que aparece em dobro na lista. 

Confira a HOTLIST #37: 

Flavy e os Espelhos de Okê - “Yeye Okê” (Who Session)

Flavy e os Espelhos de Okê é um projeto que mistura música e teatro com muita brasilidade. Idealizado por Flaviany Matos, o grupo se formou em Minas Gerais e estreou em dezembro de 2020 como single “Yeye Okê”, lançado pela Alcalina Records. 

Além da vocalista Flaviany Matos, a banda é composta pelos músicos Alan Girardeli (teclas e efeitos), Alexandre Rosa (violão e guitarra), Ciro Nunes (bateria), Giordano Bruno (sax, flauta e percussão) Marcelo Martins (baixo), Zé Vitor Braga (vocais e percussão) e Marcella Melgaço (vocais).

Na última terça, 5, o grupo compartilhou uma performance do single para o canal Who Session. Dirigido por Junior Silva, o registro está disponível no Youtube. [Texto: Julia Harumi Morita | @the_harumi]


Fernanda Abreu - “Veneno da Lata” e “Baile da Pesada”

Fernanda Abreu deu continuidade ao projeto Amor Geral - (A) Live, o qual compartilha performances do show Amor Geral, que foi gravado sem a presença da plateia em março de 2020 após a cidade do Rio de Janeiro decretar o isolamento social por causa da pandemia de Covid-19. 

Anteriormente, Fernandapublicou a apresentação de nove canções no canal oficial do Youtube: “Outro Sim”, “Amor Geral”, “Eu Vou Torcer”, “Garota Sangue Bom”, “Rio 40 Graus / Sample: Picapau”, “Kátia Flávia, A Godiva do Irajá”, “A Noite / Kamikazes do Amor”, “Double Love: Amor em Dose Dupla” e “Tambor”. 

Já na última quarta, 6, Fernandapublicou a performance de “Veneno da Lata", do disco Da Lata (1995), e "Baile da Pesada”, do disco Entidade Urbana(2000). [Texto: Julia Harumi Morita | @the_harumi]


Mc Tha - ‘Renascente’ (“Onda”, “Oceano” e “Despedida”)

Após divulgar o clipe de “Onda”, "Oceano" e “Despedida”, Mc Tha compartilhou Renascente, um ato que reúne os registros audiovisuais das três canções. Dirigido por Rodrigo de Carvalho, a produção ainda conta com a participação especial do cantor Jaloo, que canta um trecho de “Despedida”. Não deixem de assistir, porque está para lá de incrível! [Texto: Julia Harumi Morita | @the_harumi]


Léo Santana e Vitão - “SAMU”

Léo Santana e Vitãoestão mergulhados no clima do verão no single “SAMU”, que foi disponibilizado nas plataformas digitais na última quinta, 7, pela Universal Music. A canção também ganhou um clipe, que foi publicado no Youtube na última sexta, 8. 

Composta por Vitão e Los Brasileiros, a música fala sobre uma paixão inesperada e traz uma mistura cativante de pagode baiano e pop. [Texto: Julia Harumi Morita | @the_harumi]


Criolo - “Fellini”

Se você achava que "Sistema Obtuso" seria o grande lançamento de Criolopor um tempo, o single "Fellini" chegou para mostrar que o rapper está na ativa - e com várias críticas sociais. Produzida por Neguim e Deekapz, a música lançada em 8 de janeiro é uma lição sobre injustiça, denunciando diversas formas de opressão que acontecem na atualidade.

Homenagem ao diretor de cinema Federico Fellini, o single retrata a realidade brasileira, que de fato pode ser comparada a um dos filmes de fantasia do cineasta - e é impossível não perceber a urgência da letra de Criolo.

Em "Fellini", o rapper mostra mais uma vez a responsabilidade e potência das rimas críticas, que falam sobre as drogas e o comportamento autodestrutivo de jovens na periferia: “O herói da quebrada tá morto ou matando/ Antropofagia, hemorragia/ Vaidade vicia, favela sangrando”. [Texto: Camilla Millan | @camillamillan]


Konai - "Delírio"

Se tem algum artista que merecia muito mais atenção no cenário atual, esse alguém é o Konai

Jovem, com uma voz ao mesmo tempo sombria e acolhedora, e também dono de uma habilidade notável em compor músicas sobre amor e saudade, ele é sem dúvida um dos principais expoentes de uma nova geração de artistas que transbordam criatividade e visão.

Com o excelente disco Petricor(2019) e diversos singles lançados em 2020, Konai inicia os trabalhos de 2021 com "Delírio", uma faixa que, assim como boa parte da discografia dele, mistura de forma harmoniosa e atípica um pop lo-fi com elementos de trap, resultando em um som que consegue ser tão melancólico quanto romântico. [Texto: Igor Brunaldi | @igg.zz]


Gal Costa e Tim Bernardes - “Baby” 

Gal Costa é outra artista que deu sequência a um projeto de lançamentos iniciado em 2020. Na última sexta, 8, a cantora disponibilizou uma gravação inédita de “Baby”, composição de Caetano Veloso lançada no disco Tropicália ou Panis et Circensis (1968).

A nova versão é um dos 10 singles que formarão o repertório de Gal 75, nome provisório do disco que comemora o aniversário de 75 anos da artista, previsto para o mês de fevereiro. 

Produzida por Tim Bernardes (O Terno), a canção ganhou um arranjo inovador e sensível - bem característico das produções do músico, que também toca violão e divide os vocais com Gal. [Texto: Julia Harumi Morita | @the_harumi]


Gal Costa e Criolo - “Paula e Bebeto” 

Na última sexta, 8, Gal Costa também compartilhou a gravação de “Paula e Bebeto”, composta por Milton Nascimentoe Caetano Veloso e lançada no disco Minas(1975). Para Gal 75, a canção foi gravada ao lado de Criolo. [Texto: Julia Harumi Morita | @the_harumi]


Vanessa da Mata - “Bam Bam” e “Dance um Reggae Comigo”

Vanessa da Mata publicou dois novos registros do projeto Nossos Beijos Ao Vivo No Circo Voador, gravado na casa de shows carioca no início de 2020. Na terceira sequência de lançamentos, a cantora compartilhou as performances de “Dance um Reggae Comigo” e “Bam Bam”, canção da jamaicana Sister Nancy. [Texto: Julia Harumi Morita | @the_harumi]


Angra - “Light of Transcendence”

Na última sexta, 8, o Angra disponibilizou a gravação ao vivo de “Light of Transcendence" no canal oficial da banda no Youtube. O registro inédito faz parte de um projeto dos músicos para divulgar performances feitas durante a ØMNI World Tour, em São Paulo. [Texto: Julia Harumi Morita | @the_harumi]


+++ CYNTHIA LUZ | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL