Pulse

HQ de The Walking Dead chega ao fim sem resolver seu maior mistério

Apesar de um desfecho digno, a última edição não trouxe a resposta que todos esperavam

Redação Publicado em 05/07/2019, às 10h19

None
The Walking Dead (Foto:Reprodução/Image Comics)

Robert Kirkman, a mente por trás dos quadrinhos de The Walking Dead, anunciou o fim da série de sucesso (que originou um programa de TV também bem sucedido e alguns jogos de videogame não tão bons) publicada pela editora Image Comics desde 2003. 

O final chegou com a publicação da edição de número 193 na última quarta, 3, e apesar de ter apresentado um bom desfecho para a história como um todo, a HQ não apresentou uma resposta para o seu maior mistério: o que gerou o apocalipse zumbi?

+++Leia mais: Slash criou música para The Walking Dead, mas foi rejeitado

Em 2018, o roteirista já havia dito, em uma sessão de Perguntas e Respostas feita no Twitter, que a "origem do vírus é uma coisa maluca de ficção científica que deixaria a história mais louca ainda". 

Para Kirkman, a complexidade dessa explicação é tamanha, que levaria um bom tempo para explicar. "Anos após o fim, talvez eu mencione casualmente em uma entrevista", afirmou, e aproveitou para fazer uma comparação: "Isso é algo bem J.K. Rowling de se fazer”.

A série de televisão The Walking Dead estreou em 2010 no canal norte-americano AMC, e é transmitida desde então pela Fox no Brasil. A décima temporada tem previsão de estreia para outubro de 2019.