HQs seguem pipocando no cinema

Mangás e ausência de super-heróis são destaques neste ano

Por Artur Tavares Publicado em 09/01/2009, às 14h45

Hugh Jackman volta ao papel de Wolverine em filme solo do herói

Ver Galeria
(7 imagens)

2009 não será mais um ano repleto de super-heróis na telona, como foi este 2008 de Hulk, Batman, Hellboy e Homem de Ferro. Além de The Spirit, que chega aos cinemas em 16 de janeiro, somente X-Men Origens: Wolverine e Watchmen terão mascarados como protagonistas (em teoria, já que Wolverine não usa máscara no cinema).

Watchmen, que chega aos cinemas em 6 de março, é a grande investida da Warner Bros. em 2009. É a adaptação daquela que é considerada a maior graphic novel de todos os tempos. Escrita por Alan Moore e desenhada por David Gibbons, a história é ambientada em um ano de 1985 em que heróis (com exceção de Dr. Manhattan, todos sem poderes) são proibidos de atuar, os Estados Unidos e a União Soviética chegaram ao ponto máximo de um conflito, e a ameaça de uma guerra atômica é iminente.

X-Men Origens: Wolverinemostra o surgimento do mutante canadense, em uma história que se passa antes do primeiro filme dos X-Men, lançado em 2000. Origens, que estréia em 30 de abril, é o início de uma franquia de produções solo dos personagens da Marvel, que terá como próximo protagonista o vilão Magneto, ainda sem data de lançamento.

Ainda no primeiro semestre de 2009, destaque também para Dragon Ball Evolution, produção que transportará a série clássica do mangá e também do animê Dragon Ball ao cinema de Hollywood.

Dragon Ball não é a única HQ japonesa a alcançar os cinemas no ano que vem. Em 23 de outubro estréia uma animação baseada em Astro Boy, criação de Ozamu Tezuka, um dos maiores mestres dos mangás, responsável também por Buda, Adolf e a versão animada de Metrópolis, de Fritz Lang.

Um mês antes, em setembro, duas produções independentes dos quadrinhos também chegam às telonas. A primeira é Whiteout, que terá Kate Beckinsale (Anjos da Noite) no elenco. Na história, a agente do FBI Carrie Stetko precisa pegar o último avião que sai do Ártico antes do inverno, mas não antes de capturar um assassino que vem causando pânico em uma estação internacional de pesquisa. A outra é The Surrogates, filme de ficção científica que se passa em um futuro em que pessoas não se relacionam pessoalmente, e sim através de robôs.

Ainda previstos para 2009, mas sem data exata para estrear, estão Dylan Dog, baseada na clássica HQ européia homônima, Kick-Ass, uma sátira de super-herói publicada pela Marvel Comics, e que terá Nicholas Cage no elenco, e Coraline, livro infantil escrito por Neil Gaiman e ilustrado por Dave McKean, dupla que nos anos 80 trabalhou em algumas das maiores graphic novels dos quadrinhos, como Mr. Punch, Violent Cases e Signal To Noise. Gaiman é também autor de Sandman.

O Brasil ainda verá no ano que vem a estréia de Punisher: War Zone, segundo filme do herói Justiceiro, da Marvel. A produção estreou sem grande repercussão nos EUA no início de dezembro, mas até agora não há data para chegar por aqui. Há a possibilidade de que a aventura saia diretamente em DVD.