Whitney Houston: Hugh Jackman pensou que 'I Will Always Love You' era sobre ele

Em vídeo no Instagram, Hugh Jackman tentou provar que letra da música de Whitney Houston fala sobre ele

Redação Publicado em 09/07/2021, às 11h20 - Atualizado em 11/02/2022, às 17h25

None
Hugh Jackman (Foto: Lisa Maree Williams / Getty Images)

“I Will Always Love You” é um dos maiores hits de Whitney Houston, cuja morte completou 10 anos nesta sexta, 11 de fevereiro, e é considerado por muitos uma das melhores músicas românticas da história. Apesar de vários fãs se identificarem com a canção, Hugh Jackman  revelou que, durante a adolescência, pensou que a canção foi escrita para ele.

Conforme publicado pela NME, em vídeo publicado no Instagram, o astro de Wolverine justificou o pensamento da adolescência. Em um momento da canção, explica que Houston não canta a letra “I will always love you” (eu sempre te amarei, em português), mas “I will always love Hugh” (eu sempre amarei Hugh).

+++LEIA MAIS: Por que as filmagens de X-Men eram terríveis para Hugh Jackman? Anna Paquin explica

“Ouça a última letra de ‘I Will Always Love You,' de Whitney Houston. Ela realmente diz Hugh, eu prometo a você. O último - é Hugh. Bem, eu me forcei a acreditar nisso quando tinha 15 anos,” explicou no vídeo, após tentar cantar parte da canção e rir.

A publicação conta com uma segunda filmagem em que Jackman tenta convencer sobre a mudança da letra. O astro mostra a música e os trechos específicos em que acredita na substituição do “you” pelo próprio nome, “Hugh.”

+++LEIA MAIS: Marvel conversa com Hugh Jackman para futuro retorno de Wolverine para MCU

Na legenda do vídeo, o astro de X-Men continuou a explicação: “Eu disse quando era mais jovem que Whitney Houston estava cantando para mim. Eu ainda posso acreditar. Eu amo você." Confira o vídeo hilário no qual o astro tenta provar que Whitney Houston, em “I Will Always Love You,” cantava, na verdade, sobre ele:

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por Hugh Jackman (@thehughjackman)