The Walking Dead tem data de estreia no Brasil divulgada

Série volta às telinhas em 9 de fevereiro, apenas 24 horas após exibição nos Estados Unidos

Redação Publicado em 06/02/2015, às 16h24 - Atualizado às 17h21

Cena da quinta temporada de The Walking Dead
Divulgação

A segunda metade quinta temporada da série The Walking Dead estreia no Brasil 24 horas após chegar aos televisores norte-americanos. De acordo com um comunicado do canal FOX, a nova etapa será exibida a partir de segunda-feira, dia 9, em versão dublada - mas com opção de áudio original.

Velozes e Furiosos 7, Jurassic World, Cinquenta Tons de Cinza: veja trailers divulgados no Super Bowl 2015.

A quinta temporada de The Walking Dead conta com 16 episódios, divididos em duas partes: a primeira foi exibida entre outubro e novembro de 2014. O final da primeira etapa deixou a audiência ansiosa pelo que vem pela frente. Rick e grande parte dos sobreviventes entraram em uma missão para liberar Carol e Beth das terríveis mãos das pessoas que as mantinham no Hospital Grady Memorial. O grupo tentou conseguir um acordo pacífico, mas alguns contratempos levaram a um resultado chocante e inesperado.

A história tortuosa e a ascensão sem limites de The Walking Dead, o programa mais sangrento da TV.

Após os trágicos acontecimentos - bem como a perda da possibilidade de uma cura em Washington, DC - o grupo de sobreviventes liderado por Rick encontra-se na estrada, sobrevivendo dia a dia e tentando se segurar no que resta da humanidade e com a esperança cada vez menor. Despidos de segurança e sem uma direção para o futuro, uma parte do grupo está perto de seu ponto de ruptura, alguns se encontram mais duros e frios, e outros simplesmente tentam se agarrar ao que resta. Embora eles ainda estejam respirando, a linha entre o grupo de Rick e os mortos está começando a se confundir. Poderia haver algo nesse ponto que os traz de volta à vida?

Twin Peaks,The Walking Dead, Breaking Bad e outras séries são "simpsonizadas" por ilustrador belga.

Recentemente, um trailer da segunda metade da quinta temporada de The Walking Dead foi divulgado. O vídeo não traz muitas pistas sobre como o grupo de protagonistas reagirá aos abalos dos últimos episódios. No lugar das dicas, a direção do seriado preferiu compartilhar com o público um pouco de ação.

A história tortuosa e a ascensão sem limites de The Walking Dead, o programa mais sangrento da TV.

O vídeo começa com Rick Grimes (Andrew Lincoln) e o grupo dele caminhando em uma nebulosa floresta, quando o líder levanta a mão e faz sinal para os demais pararem. Nesse momento, a voz de Lincoln, em off, diz: “Tudo o que importa é sobrevivermos juntos”. Então, armado, o bando abre fogo contra inimigos que não podem ser vistos pelos espectadores do trailer. “É tudo o que importa”, reitera Rick no fim do teaser. O grupo abaixa as armas e continua a caminhada.

Veja abaixo

Baseada na série de quadrinhos escrita por Robert Kirkman e publicado pela Image Comics, The Walking Dead conta a história dos meses e anos seguintes a um apocalipse zumbi e gira em torno de um grupo de sobreviventes liderado pelo policial Rick Grimes (Andrew Lincoln), que viaja em busca de um lugar seguro para viver.

Veja nova foto de Daryl Dixon na quinta temporada de The Walking Dead.

A trama volta às telinhas em fevereiro e Kirkman não prevê o fim da série. “Ainda estou fazendo os quadrinhos e planejo continuar fazendo isso por muitos e muitos anos”. “Os que estamos desenvolvendo agora pode render material para as temporadas 10, 11 ou 12, dependendo de como será a trama. Não vamos parar. Então, daqui a cinco anos estaremos criando quadrinhos que poderão servir para a temporada 15”, finalizou.

Mad Men sem censura.

Em 2014, o canal anunciou a criação de uma nova série derivada de The Walking Dead. O programa será coordenado pelo roteirista e produtor Dave Erickson (Sons of Anarchy, Low Winter Son). Apesar de não ter nenhuma conexão direta com o enredo, a produção - que ainda não tem data de estreia - explora a mesma temática que fez de The Walking Dead uma das séries mais assistidas nos Estados Unidos.