Cinquenta Tons de Cinza recebe classificação de 16 anos no Brasil

Produção polêmica foi banida na Malásia; nos Estados Unidos, menores de 17 anos deverão estar acompanhados pelos pais

Redação Publicado em 10/02/2015, às 10h09

50 Tons de Cinza
Reprodução/Vídeo

O previamente polêmico Cinquenta Tons de Cinza - que foi banido na Malásia por conter cenas com forte conotação sexual – foi classificado no Brasil como não recomendado para menores de 16 anos. O longa, baseado no homônimo romance de E. L. James, teve o conteúdo categorizado como “soft porn” pela crítica.

Fãs de Cinquenta Tons de Cinza insatisfeitos com escolha de elenco fazem campanha na internet.

A trama retrata relação entre a jovem Anastasia Steele (Dakota Johnson) e o milionário Christian Grey (Jamie Dornan). O grande ponto de conflito são as práticas sadomasoquistas do casal, suavizadas para adaptação no cinema. Segundo a produção do filme, algumas cenas descritas no livro foram cortadas e não haverá nu frontal dos atores.

Ainda que seja literatura barata, Cinquenta Tons de Cinza estimula o mercado a olhar para a pornografia voltada à mulher.

Nos Estados Unidos, Cinquenta Tons de Cinza recebeu a classificação R, fazendo com que menores de 17 só possam assistir ao filme, em salas de cinemas, acompanhados pelos pais ou por responsável legal. Recentemente, a produção foi alvo de protestos através das redes sociais. Grupos de ativistas afirmaram que o longa estimula a violência doméstica e lançaram a campanha "50 dollars not 50 shades" - que apoia o boicote ao filme.

Em 2014, falando sobre as acusações de machismo que Cinquenta Tons de Cinza sofreu, Jamie Dornan - em entrevista à revista Elle do Reino Unido - afirmou que o longa, na verdade, é uma história de amor. “O romance é mais importante do que o sadomasoquismo. Vamos narrar uma história de amor e não dá para ficar só no que acontece no quarto. Tem muito mais ao redor”, afirmou. O ator, que visitou clubes sadomasoquistas durante a pesquisa para o papel, disse que entende as críticas, mas não concorda com elas.

Trailer de Cinquenta Tons de Cinza ganha versão com bonecos Lego.

“Eu entendo quais são os motivos que fazem as pessoas pensarem que amarrar uma mulher é misógino. Mas, na verdade, os homens costumam ser mais submissos do que as mulheres nos relacionamentos. O cenário é bem maior do que eu imaginava. Praticamente em todas as cidades do mundo você encontra pessoas que querem 'apanhar' com um chicote.”

Cinquenta Tons de Cinza tem pré-estreia marcada para a próxima quarta, 11, durante o Festival de Berlim. O longa entra em circuito comercial no Brasil um dia após a transmissão na Alemanha - ou seja, na quinta, dia 12.

Assista ao trailer de Cinquenta Tons de Cinza: