Pulse

Debi & Lóide 2 mostra que a zoeira não tem limites – mesmo 20 anos depois

Sequência volta a trazer os dois amigos mais babacas do cinema, com Jim Carrey e Jeff Daniels

Pedro Antunes Publicado em 13/11/2014, às 10h36 - Atualizado às 10h59

Jim Carrey e Jeff Daniels voltam aos personagens clássicos de Debi e Lóide 2

Ver Galeria
(10 imagens)

Toda a organização da sociedade e a própria humanidade pareciam um mistério para Lloyd Christmas (Jim Carrey) e Harry Dunne (Jeff Daniels) em 1994. Vinte anos passados, os mistérios permanecem – para o bem e para o mal. Debi & Lóide 2 chega aos cinemas nesta quinta-feira, 13, com o mesmo time que arrebatou as telonas (e, depois, as televisões em sessões vespertinas deliciosas para os jovens dos anos 1990) naquela época. Além da dupla de protagonistas, os irmãos Farrelly, Peter e Bobby, assumem a saga dos personagens subversivos, atemporais e genuinamente estúpidos.

Debi & Lóide - Dois Idiotas em Apuros está entre os filmes mais aguardados pela Rolling Stone Brasil em 2014.

Vamos lá, não estamos falando de uma grande obra-prima da sétima arte, mas, sim, de um exemplo de como um filme pode ser divertido, afagar a cabeça com um pouco de nostalgia e piadas toscamente talhadas e forçadas goela abaixo como uma lavagem cerebral bem-feita. Depois de um impacto inicial (“credo, o que vim fazer no cinema?”, vocês pensarão nos primeiros cinco ou dez minutos), a ingenuidade catastrófica dos protagonistas soa tão genuína que os risos começam a pipocar aqui e ali na sala de exibição.

Jim Carrey surgiu definitivamente para o mundo no papel de Lloyd, o babaca-metido-a-espertalhão que geralmente tem as melhores/piores ideias de ação, conduzindo Harry, aquele de bom coração e cérebro vazio, para essas desaventuras. Com espaço para ser cartunesco e espalhafatoso, Carrey deleita o público com caretas, trejeitos e todo o seu arsenal de gracinhas que estávamos com saudade de ver nas telonas.

As duas décadas passaram e Carrey e Daniels exploraram outras facetas que não a da comédia e se saíram muito bem. O primeiro tem dois Globos de Ouro em casa, enquanto Daniels passou batido após quatro indicações, mas goza de uma reputação excelente no mercado – e em ascensão com a bela série The Newsroom, da HBO.

Jeff Daniels foi premiado com o Emmy pela atuação na série The Newsroom. Veja os grandes vencedores da noite aqui.

Enquanto Carrey comanda a comédia neste filme, Daniels se vê no papel de protagonista e condutor da trama principal – sim, existe uma! Os vinte anos passaram e Harry descobre ser pai de uma garota e, por um motivo que seria melhor não revelar para não estragar a surpresa, ele deve ir atrás da pimpolha de 20 anos.

Como os trailers mostram (assista lá embaixo, ao fim do texto), Lloyd passou o par de décadas entre os filmes pregando uma peça em Harry, como se estivesse em estado de choque, imóvel. Passado o momento menos interessante do filme, quando os dois amigos se preparam para a viagem ao encontro da filha, Debi & Lóide 2 engrena como um road movie torto, cheio das piadas mais calhordas, estereotipadas e, ainda assim, extremamente viciante.

Ponto para os irmãos Farrelly, ainda mestres na arte de subverter com uma comédia extrema, nada politicamente correta (ufa!, era o meu maior medo) e tão divertida quanto o antecessor. E, se ao final, você não se divertir tanto quanto imaginava, eis uma revelação dura, porém verdadeira: você já não é mais aquele garotinho/garotinha de 20 anos atrás, acostume-se com isso.

Assista ao trailer de Debi & Lóide 2