Frozen se torna animação com maior bilheteria da história

Comédia musical da Disney bateu Toy Story 3

Rolling Stone EUA Publicado em 31/03/2014, às 15h39 - Atualizado às 21h57

.
Reprodução

A comédia musical 3D da Disney Frozen: Uma Aventura Congelante é oficialmente a animação com a maior bilheteria de todos os tempos, ultrapassando a marca de um bilhão de dólares depois de um fim de semana de estreia bem-sucedido no Japão. O filme vencedor do Oscar gerou mais de US$ 1.072 bilhão ao redor do mundo – US$ 398 milhões nos Estados Unidos e US$ 674 milhões internacionalmente. Para alcançar o topo, Frozen precisou derrubar Toy Story 3, que alcançou previamente US$ 1.063 bilhão.

Galeria: Oscar 2014 - Conheça os indicados na categoria Melhor Canção Original.

O longa, dirigido por Chris Buck e Jennifer Lee (e vagamente baseado no livro The Snow Queen, de Hans Christian Anderson), foi lançado nos Estados Unidos em novembro do ano passado e lançado em DVD e Blu-Ray no começo deste mês. Além do grande número de espectadores, o filme recebeu críticas positivas (incluindo a classificação “três estrelas” de Peter Travers, da Rolling Stone EUA) e levou os prêmios de Melhor Animação e Canção Original no Oscar deste ano (o segundo por “Let it Go”).

A trilha sonora do filme se saiu igualmente bem em um ano difícil para as vendas de discos – passou sete semanas no topo. “Quando um musical rende um bilhão de dólares internacionalmente e conta com um disco inspirador, por que deveríamos ficar surpresos?”, perguntou Glen Brunman, ex-chefe da unidade de trilhas sonoras da Sony Music, em uma entrevista à Rolling Stone EUA. “Mesmo em 2014, quando as vendas de trilhas sonoras estão começando a nos lembrar de uma época que já passou?”

Conforme noticiado pela Rolling Stone EUA, o sucesso de Frozen foi um processo longo, planejado por meses pela Disney, que lançou a versão de “Let It Go” cantada por Demi Lovato duas semanas antes do álbum estrear.

Oscar 2014: 12 Anos de Escravidão vence o prêmio de Melhor Filme.

“Você não quer lançar de cara um clipe do filme”, disse Ken Bunt, presidente do Disney Music Group. “A ideia era lançar a versão de Demi e seguir com a de Idina Mendel. É uma música pop inusitada para as rádios. Nós trabalhamos nela por um tempo, mas as rádios estão percebendo que “essa é uma música incontestável’.”

Oscar 2014: saiba quem levou a estatueta para casa.