Igreja Satânica provoca Kanye West por lançar o gospel Jesus is King: “Satã que deixou ele famoso”

Para a Igreja, sucesso do rapper aconteceu po causa da divindade diabólica

Redação Publicado em 26/10/2019, às 18h00

None
Kanye West no Coachella (Foto: Amy Harris/Invision/AP)

Kanye West lançou nesta sexta, 25, o disco Jesus is King, a redenção cristã do rapper. Quem não gostou muito da declaração gospel, porém, foi a Igreja Satânica - que afirmou no Twitter que o sucesso de West vale-se ao Diabo:

Satã é o melhor amigo que Kanye teve na vida,” escreveram no perfil oficial da principal igrejavoltada à adoração diabólica. “Foi ele que deixou famoso todos esses anos.” Depois, disseram ainda que a entidade está feliz com o trabalho do rapper - e quem "leu nossos textos" sabe o motivo.

+++ LEIA MAIS: A genialidade de Kanye West: 11 músicas produzidas pelo artista que você provavelmente não conhece 

Já para Kanye West,Jesus is Kingfoi um modo de declarar para todos como encontrou a salvação na religião - e expor o amor que tem a Deus. Como disse nesta semana em uma entevista com Zane Lowe, encontra-se agora “completamente a serviço” da divindade, e quase abandonou o rap por ser “a música do diabo.” 

Mas não deixou o estilo - e vê-se claramente na batida de Jesus is King. O disco, adiado até o último instante para retoques em mixagens, tem apenas 27 minutos divididos em 11 faixas. Está disponível nas plataformas digitais.