Ilha do Medo, Amnésia e mais: 6 filmes com enredo e roteiro de quebrar a cabeça

Para entender a trama destes filmes, talvez seja preciso assisti-los mais de uma vez

Camilla Millan Publicado em 05/04/2020, às 17h00

None
Montagem de Ilha do Medo e Amnésia (Foto: Reprodução)

Alguns filmes são bem difíceis de serem compreendidos. Além de inúmeras referências, diversas produções têm roteiros densos, complicados e com digressões que confundem - e muito - o espectador.

Mesmo filmes premiados podem ser extremamente confusos para alguns, como o clássico de Stanley Kubrick2001: Uma Odisseia no Espaço. São longas que precisam ser destrinchados pacientemente, muitas vezes assistidos mais de uma vez para fazerem sentido.

Se você gosta de terminar o filme com a sensação de "o que acabou de acontecer?", aqui vai uma lista com 6 produções de quebrar a cebeça:

Ilha do Medo

Estrelado por Leonardo DiCaprio, Ilha do Medo(2010) é um verdadeiro quebra-cabeça psicológico. Dirigido pelo icônico cineasta Martin Scorsese, o longa de suspense é envolvido por uma trilha sonora memorável que agrega - e muito - a trama complexa e com diversas referências históricas.

+++LEIA MAIS: 7 atores que se machucaram feio por recusarem dublês em filme: Leonardo DiCaprio, Ruby Rose e mais

O longa conta a história de Teddy Daniels(DiCaprio), um agente federal atormentado pelo passado que investiga o desaparecimento de uma assassina de um quarto em um hospital psiquiátrico. Repleto de enigmas, anagramas, traumas e alucinações, Ilha do Medo, é o filme perfeito para quebrar a cabeça.


Amnésia

Lançado em 2000 e protagonizado por Guy Pearce no papel de Leonard Shelby, Amnésia é um filme, no mínimo, complicado. Ele conta a história de um homem que busca o responsável pelo estupro e assassinato da própria esposa. No entanto, ele sofre de uma forma intratável de perda de memória - esquecendo fatos que ocorreram poucos minutos antes. 

+++LEIA MAIS: Crítica se derrete por O Irlandês: "Mais uma grande conquista para Scorsese"

Dirigido por Christopher Nolan, o longa de mistério psicológico reproduz no próprio espectador a condição vivida pelo protagnista: a amnésia. A produção requer paciência, mas o resultado é incrível.


2001: Uma Odisséia no Espaço

O longa de 1968 é uma adaptação do conto de ficção científica escrito por Arthur C. Clarke. Dirigido pelo icônico cineasta Stanley Kubrick, Uma Odisseia no Espaço pode ser considerado um dos filmes mais complexos de todos os tempos. 

+++LEIA MAIS: Aos 17 anos, Stanley Kubrick já era mestre por trás das câmeras... fotográficas; veja imagens

Repleto de referências, o longa é um dos filmes cuja compreensão só é alcançada após boas reflexões e duas ou mais vezes assistidas. Com efeitos visuais visionários, a produção conta a história do monolito negro achado na Lua em uma abordagem filosófica e existencialista, além de apresentar uma reflexão sobre a imensidão do espaço e a experiência dos astronautas em situações de isolamento.


Versões de um Crime

De 2016, Versões de um Crime conta a história de um advogado encarregado de defender um adolescente acusado de matar o pai. No entanto, a medida que acontece a investigação, o profissional percebe que a mãe do garoto oculta fatos importantes.

+++LEIA MAIS: Teoria insana indica que Keanu Reeves não será o Neo em Matrix 4; entenda

Apesar das críticas mistas, o longa dirigido por Courtney Hunt e protagonizado por Keanu Reeves é revelador. Mesmo sem grandes referências ou complexidades de roteiro, o final é, literalmente, de quebrar a cabeça.


Triângulo do Medo 

Para entender Triângulo do Medo é necessário prestar atenção. O longa dirigido por Christopher Smith conta a história a partir do momento em que Jess embarca em veleiro com um grupo de amigos para o alto mar. Elesencaram uma tempestade e para sobreviverem são forçados a embarcar em um misterioso transatlântico.

Com diversas referências mitológicas, o longa complexo lançado em 2010 tem uma trama bem construída que faz o próprio espectador se encher de questionamentos.


13º andar 

Lançado pouco tempo após o icônico Matrix, o longa de 1999 foi ofuscado nos cinemas. No entanto, a trama complexa de ficção científica aborda um tema intigante: a existência de diferentes universos simulados por computadores. 

Apesar do conhecido questionamento entre qual mundo é virtal e qual é real, o espectador de 13º andar, dirigido por Josef Rusnak, é surpreendido diversas vezes ao longo do filme.


+++ TRAVIS SCOTT: O HYPE EM TORNO DELE REALMENTE FAZ SENTIDO?