Impedido de deixar as Filipinas, Chris Brown faz vídeo e pede ajuda de Obama

Rapper estaria sendo mantido no país por ter faltado a um show durante a passagem do último Ano Novo

Redação Publicado em 23/07/2015, às 13h49 - Atualizado às 16h27

Chris Brown
Cliff Owen / AP

Chris Brown foi impedido de deixar as Filipinas depois de ter realizado um show no país asiático, na última terça-feira, 21, em Manila. O motivo seria o fato de o artista ter se ausentado de um espetáculo no país, na passagem do último Ano Novo.

As 15 prisões mais estúpidas do mundo da música.

O rapper, contudo, não parece muito preocupado. Ele tem publicado vídeos no Instagram rindo do curioso caso. Em um deles, aparece dançando enquanto diz que não fez nada de errado e, em outro, ajoelhando-se em uma espécie de reza, pedindo para o deixarem ir embora. Neste segundo vídeo, Brown escreveu, “OBAMA!!!!!!!!!!!!!!”, ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

OBAMA!!!!!!!!!!!!!!

Um vídeo publicado por @chrisbrownofficial em

À época do controverso show de Ano Novo, que hoje não permite que o rapper volte para casa, ele alegou não poder viajar por ter perdido o passaporte um dia antes da apresentação. Agora, a imigração filipina o acusa de fraude e investiga quais denúncias podem ser feitas contra ele pelos prejuízos da sua ausência na data marcada. Ele só poderá sair das Filipinas quando a questão for resolvida.

Clowning

Um vídeo publicado por @chrisbrownofficial em

Essa é mais uma de tantas complicações na vida de Brown. Em maio deste ano, ele foi declarado suspeito de ter se envolvido em uma briga durante uma partida de basquete em um hotel em Las Vegas.

O rapper já esteve preso por diversos motivos, entre eles, por ter agredido a cantora Rihanna, então namorada dele, em 2009. O incidente o colocou em liberdade condicional, desrespeitada em mais de uma ocasião.