Improviso de Heath Ledger em cena de Batman: O Cavaleiro das Trevas é mito; entenda

Toda a cena de explosão do hospital foi extensivamente planejada

Redação Publicado em 24/01/2020, às 10h10

None
Heath Ledger em Batman: O Cavaleiro das Trevas (foto: reprodução Warner)

Batman: O Cavaleiro das Trevas (2008) tem um mito associado a clássica cena do Coringa andando para longe de um hospital enquanto ele explode: de que Heath Ledger improvisou a sequência.

Na verdade, a cena toda - as primeiras explosões, a reação do Coringa, que acha que o detonador das bombas estava com defeito e as próximas detonações - foi comandado pelo diretor Christopher Nolan.

+++LEIA MAIS: Continuação de ‘Batman’ antes da morte de Heath Ledger teria volta de Coringa e DiCaprio como o Charada; conheça

O próprio diretor esclareceu a cena no especial de making-of Gotham Uncovered: Creation of a Scene: “O supervisor de efeitos especiais Chris Corbould elaborou um cenário seguro para Heath andar para longe do hospital. As primeiras explosões param para sinalizar que algo deu errado, mas na verdade é para dar tempo para Heath saltar no ônibus quando o restante explode.”

“Desse jeito, a equipe de efeitos especiais criou uma cena em que fosse completamente seguro levar um dos atores principais para perto de um prédio que será destruído de verdade,” esclarece Nolan.

A história real faz muito mais sentido do que a narrativa de que Ledger conseguiu salvar no improviso uma demolição que deu errado, mas a cena continua ótima, relembre ela abaixo:


 +++ MELHORES DISCOS BRASILEIROS DE 2019 (PARTE 1), SEGUNDO A ROLLING STONE BRASIL