Incêndio atinge galpão da Cinemateca em São Paulo

Foi preciso 70 bombeiros e 18 viaturas para conter o incêndio no galpão da Cinemateca. Ainda não há estimativa da perda dos arquivos

Itaici Brunetti Publicado em 30/07/2021, às 09h19

None
Incêndio no galpão da Cinemateca, em São Paulo (Foto: reprodução/Instagram)

Nesta noite de quinta (29), o galpão da Cinemateca em São Paulo foi atingido por um grande incêndio. O local, que reside no bairro Vila Leopoldina, precisou de 70 bombeiros e dezoito viaturas ao todo para conter o fogo. Não houve registro de vítimas. 

De acordo com a  bombeira militar Karina Paula Moreira, o incêndio teria começado por voltas das 18h em uma sala do acervo histórico de filmes, no 1º andar, durante a manutenção do ar condicionado conduzida por empresa terceirizada pelo Governo Federal, informa o UOL

+++LEIA MAIS:  Governo Bolsonaro celebra Dia do Agricultor com foto de homem armado

"É o galpão de arquivo. Acreditamos ter muitos filmes, CDs e cartazes. Filme antigo tem nitrato de celulose, é um tipo de produto que pega fogo muito fácil, bastante inflamável, e suspeitamos que esse seja o principal material, até pela coloração do fogo", disse o porta-voz dos Bombeiros, Marcus Palumbo, ao site. Ainda não há estimativa da perda de arquivos com o incêndio.

O galpão da Cinemateca da Vila Leopoldina fica onde diversas empresas ligadas ao audiovisual estão localizadas. A unidade foi criada em 2009 e desde 2011 iniciou o trabalho de acervo de obras. 

No entanto, este não é o prédio principal da Cinemateca, que fica em outro bairro da capital, a Vila Clementino, e é o maior museu do audiovisual e do cinema da América do Sul, administrado pelo Ministério do Turismo.

+++LEIA MAIS: Pesquisadora encontra carta de Bolsonaro publicada em sites neonazistas; entenda


+++ 15 ANOS DE GISELE BÜNDCHEN NA CAPA DA ROLLING STONE BRASIL | ENTREVISTA