Indicado ao Oscar, documentário sobre Amy Winehouse estreia na Netflix em 1º de fevereiro

Filme está concorrendo ao Brit Awards

Redação Publicado em 18/01/2016, às 13h20 - Atualizado às 15h13

Galeria - Filmes - Amy
Reprodução

Dirigido por Asif Kapadia e indicado aos prêmios Oscar e Brit Awards na categoria Melhor Documentário, Amy estreará na Netflix no dia 1º de fevereiro. Com duas horas de duração, o filme reúne vídeos caseiros, entrevistas com familiares e trechos de shows que retratam a vida da cantora entre adolescência e a fama.

Galeria: as notícias pouco (ou nada) verdadeiras que saíam sobre Amy

Os vídeos caseiros do empresário Nick Shymansky permeiam de ponta a ponta o documentário Amy, que tem direção de Asif Kapadia – o mesmo que comandou Senna. Entre materiais (realmente) inéditos e depoimentos de amigos e familiares, o que mais salta aos olhos durante o longa são as declarações da própria artista a respeito de seus medos e demônios.

Novo filme mergulha fundo na vida, na música e nos demônios de Amy

Em entrevista ao The Guardian, Mitch Winehouse, pai de Amy, criticou o diretor. “Há diversas coisas boas da vida de Amy que ficaram de fora do filme. Asif Kapadia teve uma grande oportunidade e ele não a aproveitou. Vamos ouvir algo novo sobre Amy.”

As afirmações foram feitas no evento anual Amy Winehouse Foundation Gala, na noite da última quinta, 15. Durante a entrevista ao jornal britânico, Mitch informou o desejo que tem de fazer o próprio filme sobre a filha, considerando que o documentário premiado e recordista de Kapadia não cumpriu o papel de contar a história de Amy “corretamente”.

Veja o trailer de Amy