Integrantes do Beastie Boys planejam lançar autobiografia

Mike D e Ad-Rock pretendem que o livro, previsto para 2015, não siga uma ordem linear

Rollign Stone EUA Publicado em 29/04/2013, às 12h06 - Atualizado às 16h25

Beastie Boys
AP

Os integrantes do Beastie Boys planejam escrever uma autobiografia para comemorar suas músicas e carreira, mas não seguirão um estilo de narrativa linear e direto. Ao invés disso, os membros remanescentes Mike D e Ad-Rock querem costurar uma história oral espontânea criada a partir da união das vozes deles, de outros colaboradores e imagens, tudo editado com o característico humor irreverente da banda. As informações são do The New York Times.

As Muitas Vidas de Adam Yauch: como o beastie boy mais louco encontrou seu caminho, das ruas de Nova York à busca pela iluminação.

Mike Diamond e Adam Horovitz entraram em acordo com a editora Spiegel & Grau, do grupo Random House, para o lançamento do livro, que ainda não título. O jornalista de hip-hop Sacha Jenkins será o editor da publicação, que é planejada para o outono (no hemisfério norte) de 2015.

Mike e Adam ficaram “interessados no formato desafiador e em fazer um livro como uma experiência multidimensional”, disse Julie Grau, publisher da Spiegel & Grau. “Há um caleidoscópio de referências e isso pede que o leitor se mantenha ligado.”

Segundo o agente deles, Luke Janklow, os MCs querem atingir um tom similar ao de Grand Royal, uma revista que eles publicaram nos anos 90 com o intuito de ir fundo nos

interesses deles sobre cultura pop.

“As primeiras palavras a saírem da boca de Mike foram: ‘Eu não quero uma biografia em linha reta’”, disse Luke. Ele acrescentou que a banda discutiu a ideia do livro anos antes de Adam Yauch, cofundador do Beastie Boys, ser diagnosticado com câncer na glândula salivar. Adam, também conhecido como MCA, morreu no ano passado, aos 47 anos.

O Publisher da banda tem experiência em biografias não tradicionais de rappers: a Spiegel & Grau também colocou nas prateleiras o livro Decoded, de Jay-Z.