Integrantes do Pussy Riot são atacadas por grupo de jovens com spray de pimenta e tinta

Maria Aliokhina e Nadezhda Tolokonnikova sofreram queimaduras nos olhos e no corpo

Redação Publicado em 06/03/2014, às 13h14 - Atualizado às 18h20

Maria - Pussy Riot
Filipp Romanov/AP

Duas integrantes do Pussy Riot foram atacadas nesta quinta-feira, 6, enquanto comiam na cidade de Nizhni Novgorod, ao leste da capital Moscou, por um grupo de jovens punks, segundo as informações da agência France Presse.

Galeria: relembre bandas e atores que, ao defender causas, arrumaram problemas com autoridades.

Maria Aliokhina (foto) e Nadezhda Tolokonnikova estavam uma loja da rede de fast-food McDonalds, segundo contou Piotr Verzilov, marido de Tolokonnikova, quando foram abordadas por um grupo de seis jovens que usavam símbolos patrióticos e insultaram as duas integrantes da banda.

Elton John critica a Rússia: “uma homofobia cruel foi legitimada”"

Os jovens atacaram Aliokhina e Tolokonnikova com spray de pimenta, tintas ecológicas e ainda arremessaram objetos metálicos na dupla do Pussy Riot. De acordo com a agência Interfax, a polícia está investigando o caso.

Entrevista: "Eu não sou culpada, não preciso da anistia", diz integrante do grupo Pussy Riot.

Tolokonnikova sofreu com queimaduras de primeiro grau na testa, mãos e em um dos olhos e Aliokhina estaria muito abalada com a agressão.