Integrantes do Smashing Pumpkins explicam ausência da baixista em suposto reencontro

“A Srta. Wretzky foi convidada várias vezes para tocar com o grupo, participar de sessões e, até mesmo, apenas encontrar pessoalmente”, a banda disse

Rolling Stone EUA Publicado em 13/02/2018, às 15h08 - Atualizado às 17h42

A formação original do The Smashing Pumpkins
Reprodução/Youtube

Dois dias antes de anunciar o que, supõe-se, será a tão esperada reunião com três quartos do integrantes originais, os membros do Smashing Pumpkins divulgaram um comunicado explicando a ausência do quarto elemento-chave.

Na última segunda, 12, o grupo escreveu que “ao reunir os Smashing Pumpkins, a dedicação da banda continua voltada aos fãs e às músicas. James Iha, Jimmy Chamberlin e William Corgan não tocam com D’arcy Wretzky há mais de 18 anos. Mas não foi por falta de tentativa.”

“A Srta. Wretzky foi convidada várias vezes para tocar com o grupo, participar de sessões de demo e, até mesmo, encontrar pessoalmente. Ela adiou todas as vezes. Desejamos a ela o melhor, e estamos ansiosos para reconectar logo com todos vocês.”

O comunicado foi enviado ao site da revista Variety como uma resposta à fala da baixista ao site Blast Echo, na qual ela culpa Corgan de excluí-la da reunião. Seria a primeira vez que os músicos originais do Smashing Pumpkins tocariam juntos desde abril de 1999.

D’arcy também conta que Corgan ofereceu para ela um contrato para a reunião, mas que em seguida cancelou a proposta. “Peço desculpas a todos os fãs da banda que estão animados para essa turnê de reencontro entre os membros originais. Sei que isso é uma grande frustração, e é pra mim também, mas não vou participar”, ela contou ao Blast Echo no fim de janeiro. “Descobri recentemente que a banda decidiu fazer o projeto com um baixista diferente.”

Em uma página do Facebook supostamente ligada à D’arcy, a baixista chegou a comentar a questão com fãs decepcionados, acrescentando que estava “muito ansiosa para o reencontro, talvez mais que todos os caras juntos”.

Apesar de não terem anunciado oficialmente a reunião – isso deve acontecer na próxima quinta, 15, quando a contagem regressiva visível no site da banda chegar a zero –, Corgan tem sido muito aberto em relação aos planos da banda nas redes sociais, revelando que ele, Iha e Chamberlin estão trabalhando em um estúdio em Los Angeles, com o produtor Rick Rubin, responsável pela produção do LP solo de Corgan, Ogilala, de 2017.