Integrantes do Soundgarden respondem ao processo aberto por Vicky Cornell contra a banda: 'Não somos donos do nosso próprio trabalho'

A viúva de Chris Cornell abriu uma ação jurídica contra o grupo no fim de 2019

Redação Publicado em 05/02/2020, às 13h03

None
Soundgarden em 2014 (Foto:Jack Plunkett/Invision/AP)

Na última terça, 4, os integrantes do Soundgarden responderam oficialmente ao processo aberto contra a banda em dezembro de 2019 por Vicky Cornel, viúva de Chris Cornell. De acordo com o documento obtido pela Rolling Stone EUA, os colegas do ex-marido dela não estão nem um pouco contentes com a situação.

Em dezembro de 2019, ela acusou Kim Thayil, Matt Cameron e Ben Shepherd de não pagar a ela e à família do vocalista, morto em 2017, royalties de algumas músicas do grupo. E agora eles rebateram a acusação.

+++LEIA MAIS: Viúva de Chris Cornell, Vicky mostra e-mail tocante enviado pelo músico: "Nada que nos separe vale a pena"

Segundo a resposta oficial, arquivada pela corte federal do estado da Flórida, os músicos alegam que as composições em questão foram gravadas em 2015, com o propósito de serem usadas em um disco do Soundgarden e, portanto, são propriedade da banda.

Além disso, declaram que Vicky possui "as únicas versões completas dessas gravações" e "se recusa a devolvê-las" já faz mais de dois anos. "Não somos donos do nosso próprio trabalho criativo", acrescentam os músicos.

+++LEIA MAIS: Vicky, viúva de Chris Cornell, diz que morte do músico era evitável

De acordo com o processo aberto por Vicky no fim do ano passado, as faixas mencionadas foram gravadas em 2017 por Chris Cornell no estúdio pessoal dele, e não havia acordo formal nenhum de que seriam usadas pelo Soundgarden, o que consequentemente coloca o vocalista na posição de único dono. Mas o caso vai muito além disso.

A viúva alega ainda que concordou em compartilhar com eles as músicas, contanto que fossem devidamente produzidas em parceria com Brendan O'Brien, produtor de confiança de Cornell, e que ela fosse informada sobre a possível estratégia de marketing para o disco.

+++LEIA MAIS: Brad Pitt produzirá documentário sobre Chris Cornell

Vicky afirma que o Soundgarden, porém, decidiu trabalhar com um produtor escolhido por eles, e que não estavam dispostos a "passar por nenhum tipo de processo de aprovação" reclacionado à estratégia.


 +++ MELHORES DISCOS BRASILEIROS DE 2019 (PARTE 2), SEGUNDO A ROLLING STONE BRASIL