Interpretar Samwell Tarly, de Game of Thrones, desenvolveu ansiedade em John Bradley

O ator interpretou o fiel escudeiro de John Snow durante os oito anos da série de televisão

Redação Publicado em 10/12/2019, às 10h15

None
John Bradley em Game of Thrones (Foto: Reprodução)

John Bradley revelou que desenvolveu 'ansiedade para atuar' após interpretar Samwell Tarly em Game of Thrones. O ator, que deu vida ao o fiel escudeiro de John Snow durante oito anos, contou como ficou preso aos trejeitos característicos do personagem mesmo depois do fim da série.

Em entrevista ao Blank Podcast, Bradley confessou que, ao longo dos anos de gravação,  perdeu o controle sobre a gagueira e as contorções de Sam em cena. Ele também explica que esses tiques, junto com a timidez e o receio de expressar opiniões, são resultados da criação e dos traumas do personagem.

+++ LEIA MAIS:Por que Daenerys não se importou em matar inocentes em Game of Thrones? Diretores explicam

"Eu caí em uma armadilha com o Sam, eu coloquei armadilhas para mim mesmo, porque ele teve uma infância traumática e sofreu muito. E isso se manifestou por meio da gagueira e de contrações, às vezes", disse o ator.

Ele completou: "Em uma cena eu entrei primeiro com o Kit Harrington e do jeito mais gentil ele disse: 'Você pode ir mais rápido?' - para eu reagir mais rápido. E eu fiquei tipo: 'Eu não consigo, eu apenas não consigo".

O ator também revelou que a equipe passou acreditar que a gagueira era um jeito de disfarçar que ele tinha esquecido as falas das cenas. Ele disse: "Por mais adorável que a equipe fosse, eles acharam que era porque eu tinha esquecido minhas falas. Levou um tempo até eu sair disso e ela [a gagueira] foi embora com o tempo".

+++LEIA MAIS: Astro de Game of Thrones revela que série gravou um final alternativo; entenda

Bradley ainda contou que teve dificuldades em deixar os trejeitos do personagem e que eles prejudicaram a atuação dele nos testes após o fim da série de televisão.

"Próximo ao fim de Game of Thrones , se tornou o único jeito que eu conseguia atuar e eu me envolvi nessa mentalidade inconsciente que as pessoas queriam que eu fizesse isso [...] a gagueira se tornou algo para além da interpretação do Sam e eu fiz audições que eu gaguejei porque parecia o lugar padrão em que eu atuava", disse o ator.

Por fim ele disse: "Eu acho que as pessoas pensaram que era parte de mim, mas não era. Porém, isso era ansiedade para atuar".


+++ SCALENE SOBRE RESPIRO: 'UM PASSO PARA TRÁS, RESPIRAR E VER AS COISAS DE UMA FORMA NOVA'