O Poderoso Chefão é motivo de disputa entre Paramount e filho de autor

Anthony Puzo quer o direito de publicar sequências do romance do pai, Mario Puzo

Redação Publicado em 30/08/2012, às 13h02 - Atualizado às 13h08

Reprodução

Os direitos sobre o clássico O Poderoso Chefão estão sendo disputados na justiça pelo estúdio Paramount e por Anthony Puzo, filho de Mario Puzo, autor do livro que originou a trilogia dirigida por Francis Ford Coppola. As informações são da agência Associated Press.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

O estúdio hollywoodiano é acusado de tentar impedir a publicação do romance The Family Corleone em dezembro do ano passado. Lançado sete meses antes, o livro de Anthony Puzo seria uma continuação do livro original publicado em 1969.

Em março deste ano, a Paramount processou Puzo e afirmou que o contrato original assinado em 1969 garante à empresa os direitos autorais sobre o romance O Poderoso Chefão e ainda sobre os personagens da história. Este é o ponto do qual as partes discordam.

Anthony Puzo não concorda com a afirmação do estúdio e pede à corte norte-americana o direito de publicar qualquer tipo de continuação sem que a Paramount possa automaticamente adaptar a obra para o cinema. Segundo os advogados do escritor, obras literárias foram deixadas de fora do acordo assinado em 1969.