Irã relança bonecos para frear Barbies

Sara e Dara são irmãos gêmeos, têm oito anos e já foram vendidos mais de 100 mil vezes no país

Da redação Publicado em 26/09/2008, às 18h45

Um órgão governamental do Irã está relançando o casal de bonecos Sara e Dara. A intenção é combater a influência que o casal norte-americano Barbie e Ken tem no país. Originalmente lançados em 2002, os brinquedos iranianos já venderam mais de 100 mil exemplares em todo o país.

Os bonecos são retratados como crianças de oito anos, e não adolescentes, como as Barbies e Kens. Além disso, têm roupas que cobrem todo o seu corpo, seguindo o código islâmico. O pacote de Sara (a menina) ainda vem acompanhado de um véu branco, para ser colocado na cabeça quando ela sair de casa junto com sua dona.

Mais 100 mil exemplares do casal foram produzidos na China, e serão vendidos a metade do preço das Barbies no Irã, a aproximadamente US$ 15.

No começo desta semana, um xeique árabe emitiu sentença de morte aos desenhos animados norte-americanos, principalmente Mickey Mouse. Leia mais sobre o acontecido aqui.