Rolling Stone Music & Run reúne mais de 4 mil pessoas para corrida e shows exclusivos, em São Paulo

Um mar de pulseiras coloridas iluminou a noite paulistana no último sábado, 12, quando nossos atletas percorreram 7km e, ao final, foram recebidos com um show exclusivo do RPM

Redação Publicado em 15/10/2013, às 13h53 - Atualizado em 18/10/2013, às 17h44

As mais de 4 mil pessoas logo após o aquecimento oficial

Ver Galeria
(15 imagens)

A comemoração dos sete anos da Rolling Stone Brasil reuniu mais de 4 mil pessoas para um evento diferente, no último sábado, 12,o Rolling Stone Music & Run. Convidamos os inscritos a percorrer, ida e volta, o Elevado Costa e Silva, em São Paulo, somando 7km de corrida ao som de música boa e com direito a alongamento coletivo, atividades e shows exclusivos para complementar a celebração.

Vamos correr? Veja dez músicas que não podem faltar na sua playlist.

O evento começou às 19h, quando as pessoas começaram a se agregar na Arena Rolling Stone, espaço na Barra Funda montado só para o evento. Lá, o público podia circular livremente pelos estandes de nossos patrocinadores, interagindo com as ações criadas especialmente para a ocasião. Aos poucos, os inscritos foram chegando para comer, reencontrar maratonistas que conheceram em outras competições, conhecer outros corredores e se divertir com as atividades da arena. Todo mundo aproveitou para registrar tudo e postar nas redes sociais, com as hashtags #rsmusicrun e #rollingstonemusicrun.

Dez corredores do cinema: dos mais convencionais aos mais improváveis.

Pouco depois das 19h, a arena já estava tomada por um mar de camisetas pretas, o uniforme dos competidores (veja nas imagens da galeria). O colorido da pista ficou por conta da criatividade fashion dos nossos corredores, que abusaram das faixas de cabelo, muitos tons de leggings, modelos de tênis de corrida variados, meias esportivas e de todo tipo de acessório para corrida, que serviram não só para facilitar a atividade física, mas também para ajudar na hora de localizar alguém na multidão.

A corrida é para todos: nosso repórter, não habituado a maratonas, conta como foi a experiência de correr à noite por São Paulo.

Às 20h30, subiu ao palco a banda Warriors, que caprichou na seleção musical calcada no classic rock. Guns N’ Roses, Rolling Stones, AC/DC, Steppenwolf, Beatles, todos os grandes foram evocados para aquecer os atletas e colocar todo mundo no ritmo da passada music + run (leia mais sobre o show aqui). Quando o Warriors tocou seu último acorde, estava chegando o grande momento. Preparadores físicos convidados subiram ao palco para aquecer oficialmente os músculos dos corredores. Estica daqui, alonga de lá, 4 mil pessoas entraram na mesma coreografia para garantir que ninguém tivesse lesões ou câimbras ao longo dos 7k.

Pouco antes das 22h, nossos inscritos se dirigiram calmamente para o ponto de largada, posicionado bem do lado de fora da Arena Rolling Stone. Quatro mil corações acelerados se uniram na mesma batida na hora que foi dado o start. E lá se foram os atletas, rumo ao Elevado, para completar o percurso. No caminho, grupos de suporte estrategicamente posicionados ofereciam hidratação e palavras de apoio para nossos corredores, que carregavam nos braços pulseirinhas fluorescentes e iluminaram a noite paulistana.

Ao final, foram recompensados. Os primeiros colocados tiveram a chance de subir ao pódio, mas cada um que se desafiou e venceu, completando o percurso, foi presenteado com uma medalha do Rolling Stone Music & Run. Cada atleta foi também recebido por isotônicos e frutas para repor as energias, o potássio e o líquido perdido suando a camisa, afinal, o sucesso da noite dependia também da integridade física do público, que ainda tinha muita diversão pela frente.

Ao chegar ao fim da prova, os corredores foram recepcionados com um show exclusivo do RPM, com pirotecnia e efeitos especiais criados especialmente para o evento. A grande festa, regada a cerveja e isotônico, foi sonorizada por faixas como “Loiras Geladas”, “Alvorada Voraz” e “Olhar 43”. O vocalista Paulo Ricardo testou o fôlego da plateia, que respondeu à altura. Ele ainda brindou os sete anos da Rolling Stone Brasil fazendo homenagens a Renato Russo, com “A Cruz e a Espada”, Cazuza, com “Exagerado”, e Caetano Veloso, com “London London”.

Rolling Stone Music & Run na sua cidade

Esta foi apenas a primeira edição do Rolling Stone Music & Run. Desta vez, o evento aconteceu em São Paulo, mas agora ele pode viajar o Brasil. Vote na enquete no nosso Facebook (clique aqui) para dizer qual cidade deveria ser a próxima a receber a corrida com shows exclusivos.

Veja mais no vídeo abaixo: