Noel Gallagher questiona legalização das drogas e apoia casamento gay

À Rolling Stone EUA, o ex-integrante do Oasis também falou sobre o serviço de streaming Tidal

Rolling Stone EUA Publicado em 06/05/2015, às 14h15 - Atualizado em 15/05/2015, às 12h52

Ex-Oasis não esquece a essência musical
Divulgação

Parece não existir um tema sequer no mundo sobre o qual Noel Gallagher não tenha uma opinião polêmica. Nos Estados Unidos para começar a turnê pela América do Norte com o High Flying Birds, banda com a qual gravou o segundo disco, o ex-guitarrista do Oasis produziu respostas imperdíveis sobre os mais diversos assuntos, inclusive sobre o retorno do antigo grupo dele.

Noel Gallagher revela música em parceria com Johnny Marr; conheça “Ballad Of The Mighty I”.

Em entrevista à Rolling Stone EUA, a luta de Morrissey pela proteção dos animais, o novo CD do Blur e a grandiloquência do U2, a resistência ao casamento gay e o perigo das drogas, o controverso gosto musical da filha de 15 anos e os embates com o irmão Liam, foram temas de uma conversa franca e honesta.

A inutilidade das redes sociais e (sempre nas palavras de Noel) a ridícula pretensão do Tidal, novo serviço de streaming lançado por Jay Z e apoiado por uma legião de artistas pop, também foi tópico neste interessante bate-papo.

Leia abaixo os comentários de Noel Gallagher abaixo:

O U2 e os shows e palcos monumentais

“Deus abençoe essa banda por eles levarem esse lado tão a sério. Graças a Deus eu não tenho que me preocupar com isso porque eu realmente não dou um caralho para essa parte. Ponham-me lá em cima e pluguem minha guitarra. Essa é a minha parada. Mas como eles são a maior banda do mundo e ligam para os shows e todas essas coisas, eles precisam seguir se superando. Isso é ótimo para os fãs porque você vai ver algo diferente a cada noite”.

Reuniões: 20 bandas que gostaríamos que voltassem.

Morrissey e o veganismo

“Eu gosto de gente como Morrissey (o cantor exige que não seja servida carne nos locais em que se apresenta), que se sente suficientemente apaixonada para fazer isso. Mas não é algo com que eu possa estar preocupado”.

Casamento Gay

“O que esses velhos nas cortes acham que vai acontecer? Eles acham que a depravação vai se espalhar pelo mundo porque duas pessoas do mesmo sexo podem se reconhecer em um casamento? Eles fazem parte do velho mundo e vão ter ido embora em breve, fodam-se eles. Vocês [dos Estados Unidos] tem essa porra dessa coisa religiosa nesse país e isso é insano, se um homem quer casar com outro homem, o problema é dele”.

A filha de 15 anos

“Não esperaria que ele gostasse de outra coisa além de One Direction quando ela tinha 12 anos. Mas se ela gostar de One Direction quando tiver 22, ela será excluída”.

Zayn Malik e a saída do One Direction

“Nunca o conheci [Malik]. Só conheci Harry [Styles], às vezes frequentamos as mesmas festas. Harry não é grande coisa, mas é um bom rapaz. Sobre Zyan, sair do grupo é uma coisa estranha para se fazer nessa idade. A melhor declaração foi, ‘Quero apenas ser um garoto normal de 22 anos’. Você pode ser uma merda qualquer que se move e ganha meio milhão por semana, seu idiota do caralho. Você quer ser um garoto normal de 22 anos? Você conhece algum garoto normal de 22 anos?”

20 anos de Definitely Maybe: a estreia do Oasis faixa a faixa.

Descriminalização das drogas

“Eu realmente acho que a legalização das drogas em 25 anos seria algo muito bom porque tiraria os elementos do romance e da rebeldia para as crianças. Mas esses 25 anos seriam um completo caos, desastre e escândalo atrás de escândalo”.

Redes sociais

“O Twitter nunca me fascinou. Tenho uma conta no Instagram, mas meus fãs sabem que eu só quero vender alguma merda para eles. Sou muito aberto quanto a isso: ‘Aqui está uma foto minha, aliás, compre uma porra de uma camiseta, ok? Não sou daqueles de assistir à TV, escrevendo, ‘Caralho, a rainha é uma babaca, não é?’ A vida é muito curta para isso”.

Noel Gallagher sugere que Liam “deveria fazer um disco solo”, após fim do Beady Eye.

Tidal

“Essas pessoas acham que as são os Vingadores? Eles acham que vão salvar o mundo? Estava falando com Chris Martin [do Coldplay, um dos artistas que apoiou Jay Z no Tidal] um dia depois do lançamento e perguntei, ‘Vocês estão atrás de um prêmio Nobel da Paz?’ E eles, ‘Vamos salvar o meio musical’ Esqueçam os royalties e a ‘força da música’. Comecem escrevendo uma música”.

Blur e o novo CD

Eles estão fazendo a volta deles dar certo. Quando eu terminar essa turnê e Damon [Albarn, líder do Blur] terminar a do Blur, ele vai estar fazendo algo como uma opera vietnamita sobre as galinhas. Mas se um dia nós acabarmos juntos no estúdio, será ótimo. O considero um cara supertalentoso e um bom rapaz”.

Noel Gallagher sobre reunião do Oasis: “Seria apenas pelo dinheiro”.

Liam e o Oasis

“Liam está sendo um pouco cínico com os fãs do Oasis no sentido de sempre alimentar esperança. Houve um rumor na semana passada de que tínhamos um acordo de cavalheiros [para voltar com a banda], mas esse rumor veio do pessoal dele [Liam diz o contrário]. É uma fonte próxima dele e eu vou falar o quão próxima: ela provavelmente acorda com ele todos os dias. Sempre sobra pra mim decepcionar as crianças em uma entrevista”.