Irritado, Kanye West cita Pablo Picasso e chama Taylor Swift de “falsa” em áudio vazado

“Stanley Kubrick, Apóstolo Paulo, Picasso… cinquenta por cento mais influentes que qualquer outro ser humano”, diz o rapper durante bravata na gravação do programa Saturday Night Live

Rolling Stone EUA Publicado em 18/02/2016, às 11h38 - Atualizado em 19/02/2016, às 23h07

Kanye West durante o evento no Madison Square Garden (em Nova York, Estados Unidos), no qual ele lançou o álbum The Life of Pablo e a coleção de roupas Yeezy Season 3
Rex Features/AP

Kanye West parece ter tido um desvio de consciência enquanto estava no camarim das gravações do Saturday Night Live, na NBC, durante o último fim de semana. Segundo o Page Six, ele ameaçou deixar o programa e o site publicou um áudio, aparentemente gravado no momento.

Veja quais são os álbuns mais aguardados de 2016.

“Olha essa merda, eles tiraram meu palco da porra do SNL sem me perguntar. Agora, estou puto. Isso e Taylor Swift, aquela falsa”, diz West no áudio. Uma música dele, “Famous”, do recém-lançado disco The Life of Pablo, contém um verso no qual ele sugere: “Tornei aquela ‘vadia’ famosa”. Taylor depois cutucou West no discurso dela na cerimônia do Grammy 2016.

Ainda que não fique claro na gravação a quem foi endereçada a fala, o Page Six noticia que ele estava falando efusivamente as frases para a equipe de produção. Uma fonte conectada a Kanye West nega que ele tenha “gritado” com os funcionários do SNL.

Kanye West: música e moda se unem em um lançamento surreal de álbum.

“Este áudio foi secretamente gravado enquanto ele estava descarregando a frustração dele em um momento particular com a equipe dele”, disse a fonte à Rolling Stone EUA. “Ele achou que o design do palco dele estava mudado e desconfigurado para se encaixar na direção de luz programa, sem aprovação de ninguém.”

Ouça o áudio abaixo.

No áudio, ele também parece fazer referências sobre abandonar o set de gravações. “Agora, não vou fazer isso, estamos quebrando a porra da internet”, disse ele. “Passei por seis anos dessa merda do caralho. Vamos a isso, irmão. Vamos a isso, irmão.”

O ego infame de West então parece tomar conta dele durante o áudio. “Eles estão ficando loucos, cara? Por 50%. Stanley Kubrick, Apóstolo Paulo, Picasso… a porra do Picasso e Escobar. Cinquenta por cento mais influentes que qualquer outro ser humano. Não fode comigo. Não fode comigo. Não fode comigo. Por 50%, vivo ou morto, por 50% pelos próximos mil anos. Stanley Kubrick. Ye.”

Ouça “30 Hours”, veja a capa e a tracklist de The Life of Pablo.

A fonte diz que a frustração de West é justificada. “Ele passou o dia inteiro ensaiando e trabalhando duro na performance. Mudança drásticas no set foram feitas meia hora antes de ele aparecer ao vivo. Deveria ser entendível o porquê de ele estar chateado depois de ser completamente enganado.”

Apesar da bravata, West se apresentou no último sábado. A fonte diz que depois que tudo foi consertado e, depois da performance, “Kanye estava abraçando Lorne Michaels logo antes das despedidas e ele ficou lá depois para conversar com a produção e elenco, agradecendo os produtores conforme ele foi saindo.”