Sherlock pode não retornar para uma quinta temporada, diz cocriador

“Não falta vontade, mas é um pesadelo de agendar”, disse Mark Gatiss sobre as gravações com Benedict Cumberbatch e Martin Freeman

Redação Publicado em 03/07/2017, às 14h52 - Atualizado às 16h09

Sherlock

Ver Galeria
(2 imagens)

Mark Gatiss, cocriador de Sherlock, deu indícios de que a série estrelada por Benedict Cumberbatch e Martin Freeman pode não retornar à televisão, visto que “é um pesadelo de agendar”.

Em uma conversa no podcast A Stab In The Dark, da UKTV, Gatiss explicou que “nãoé falta de vontade” que impede as gravações de ocorrerem.

“Foi muito difícil agendar a mais recente temporada, por causa da disponibilidade de Martin e Benedict, sem falar na de Steve [Moffat, cocriador] e a minha própria.”

“Nós temos as chaves da Baker Street há um tempo, mas a maravilha da coisa é que elas sempre são compartilhadas. Elas foram compartilhadas enquanto fazíamos a série”, ele acrescentou. “Não há nada de errado em dizer ‘Foi a nossa versão, agora alguém vá em frente e faça sua própria versão.’”

O último episódio da quarta temporada de Sherlock, foi ao ar em janeiro, na Inglaterra — e foi disponibilizado no Brasil também no início do ano, pela Netflix.