iTunes pode oferecer assinaturas

Usuário pagará US$ 130 por ano para baixar quantas músicas quiser na loja virtual

Da redação Publicado em 21/08/2008, às 17h40 - Atualizado às 18h28

Com uma atualização do iTunes prevista para outubro deste ano, boatos sobre novas funcionalidades da loja virtual começam a tomar força na internet . O blog Listening Post, da revista Wired, afirma que o portal da Apple ganhará um sistema fixo de assinatura, no qual o internauta pagará US$ 130 por ano para baixar quantas músicas quiser. O serviço seria funcional primeiramente nos EUA, para só depois alcançar outros países do mundo.

Há um porém. Ainda de acordo com a Wired, inicialmente apenas metade do catálogo da loja estará disponível no sistema de assinaturas. A explicação é que a Apple precisa fazer uma série de novos contratos de licenciamento com as quatro grandes gravadoras: Sony, Universal, EMI e Warner Music.

Outro boato afirma que a qualidade das músicas que serão distribuídas no sistema de assinaturas terá qualidade de 256k, ao invés dos 320k padrão para um comprador do iTunes. A mudança sonora é praticamente imperceptível para um ouvinte comum. Hoje, audiófilos estão optando por consumir canções em arquivos .flac ao invés do .mp3, por apresentar uma compressão sonora com menos perdas, embora seja um arquivo muito mais pesado.