Velozes e Furiosos 6 assume a loucura e o lado fantástico da ação

Série completa segunda trilogia chegando ao ápice do absurdo, mas continua divertida

Gus Lanzetta Publicado em 24/05/2013, às 12h52 - Atualizado em 25/05/2013, às 14h52

Velozes e Furiosos
Divulgação

A transformação de Velozes e Furiosos em uma série sobre grandes planos e roubos a la Onze Homens e Um Segredo ficou completa e clara com o último filme da série, Velozes e Furiosos 5: Operação Rio. Mas é agora, com o sexto título, que o diretor Justin Lin se mostra completamente à vontade para realmente ir além do absurdo no novo formato.

Letty (Michelle Rodriguez) está de volta, depois de desaparecer no quarto filme, uma desculpa perfeita para Hobbs (Dwayne Johnson) ir até Dom (Vin Diesel) e fazê-lo reunir toda sua equipe para mais uma missão cheia de explosões, carros velozes e gente usando essas máquinas como colchões para amortecer suas quedas.

Paul Walker e Vin Diesel ainda têm as típicas cenas em que tentam dar um peso emocional a toda loucura do enredo – mas, ainda bem, nenhuma delas dura o suficiente para encher o saco do espectador. Quem realmente anima o público quando aparece é Dwayne “The Rock” Johnson, cujos diálogos estão mais leves e com direito a piadas. Ludacris, Sung Kang e Tyrese também ganham mais espaço como coadjuvantes cômicos, que alegram o respiro que há entre uma perseguição e outra.

Luke Evans interpreta um vilão sem muito sal e presença, e fica quase de escanteio por grande parte do filme. Lin conduz a história de modo a fazer com que ele e seu plano mal importem, sendo apenas uma desculpa e um veículo para que o filme entregue a adrenalina esperada.

A experiência de Justin Lin com o material da Velozes e Furiosos também se mostra nas cenas de ação, seja com carros ou brutamontes quase do tamanho de carros. Por mais que quase tudo que os heróis e vilões façam seja fora da realidade, há certa coesão (na medida do possível), o que torna toda a ação divertida e fácil de acompanhar.

Com Velozes e Furiosos 7 já próximo de ser filmado com um novo diretor, Justin Lin deixou a série com seu filme mais exagerado e divertido. Tudo é caótico, porém de maneira assumida – e é isso que o fãs de Velozes e Furiosos esperam.

Veja o trailer abaixo: