Wolverine - Imortal lidera as bilheterias norte-americanas, mas arrecada menos do que o esperado

Novo filme estrelado por Hugh Jackman, teve a estreia mundial na última semana, inclusive no Brasil

Redação Publicado em 29/07/2013, às 09h59 - Atualizado às 10h03

Wolverine
Divulgação

Wolverine - Imortal estreou nos Estados Unidos na última sexta-feira, 26, - mesma data que no Brasil - e conseguiu ficar no topo das maiores arrecadações em bilheterias do fim de semana. O valor conseguido, US$ 55 milhões, contudo, ficou abaixo do esperado pela produtora do filme e US$ 30 milhões a menos do que o antecessor X-Men Origens: Wolverine (2009).

Crítica: Wolverine - Imortal coloca o mutante em uma jornada pelo autoconhecimento no Japão.

A bilheteria abaixo do esperado, em no mínimo US$ 10 milhões, de acordo com as previsões mais pessimistas da revisa Variety, pode ser um resultado da qualidade duvidosa do filme anterior centrado no herói. A nova produção foi melhor avaliado do que o longa de 2009, mas pode ter afugentado alguns fãs.

Conheça super-heróis que assumiram a homossexualidade nas HQs.

Campeão de bilheteria na semana anterior, Invocação do Mal, longa de terror de baixo orçamento, caiu para a segunda posição nas bilheterias, arrecadando US$ 22,1 milhões.

Em 2009, a Rolling Stone Brasil entrevistou Hugh Jackman, que voltava a viver Wolverine.

O ranking de cinco campeões da semana é completado pelas animações Meu Malvado Favorito 2 (US$ 16 milhões), Turbo (US$ 13,5 milhões) e pelo novo filme de Adam Sandler Gente Grande 2 (US$ 11,5 milhões).