Jaki Liebezeit, baterista e cofundador do Can, morre aos 78 anos

Lenda do krautrock não resistiu a uma pneumonia no último domingo, 22

Rolling Stone EUA Publicado em 23/01/2017, às 11h43 - Atualizado às 12h12

Jaki Liebezeit, baterista e cofundador da banda alemã pioneira de krautrock, Can
Reprodução/Facebook

Jaki Liebezeit, baterista e cofundador da banda alemã pioneira de krautrock, Can, morreu no último domingo, 22, aos 78 anos.

A página oficial da banda no Facebook escreveu: “É com grande tristeza que nós temos que anunciar que Jaki morreu esta manhã de pneumonia. Ele foi dormir pacificamente, rodeado por aqueles que amava. Vamos sentir muita falta dele.”

Liebezeit, assim como o vocalista original do Can, Malcolm Mooney, e Steve Shelley e Thurston Moore, do Sonic Youth, tinha participação confirmada no show de aniversário de 50 anos, para celebrar o legado do Can, em Londres, em abril. “Muito triste em saber a notícia da morte de Jaki Liebezeit”, Shelley escreveu no domingo, 22.

Pupilo da cena de free jazz de Dresden, na Alemanha, Liebezeit cofundou o Can em 1968 ao lado do tecladista Irmin Schmidt, do baixista Holger Czukay e do guitarista Michael Karoli. Mooney se juntou a eles ainda naquele ano. Explorando os limites do rock psicodélico, o grupo rapidamente gravou diversas canções que posteriormente apareceriam no disco Delay 1968. O debute oficial da banda, Monster Movie, saiu em 1969.

Liebezeit em pouco tempo estabeleceu o estilo de tocar bateria repetitivo, hipnótico e rigoroso que se tornaria a espinha dorsal e marca registrada do krautrock, com a presença consistente de Liebezeit guiando o Can durante épicos como “Yoo Doo Right”, “Mother Sky” e “Halleluhwah”. A precisão dele também iluminou faixas como “Vitamin C” e “Moonshake”.

Liebezeit foi baterista do Can em todos os 12 álbuns (contando trilhas sonoras) que a banda gravou, de Monster Movie à série de clássicos de krautrock – Tago Mago, de 1971, Ege Bamyasi, de 1972, e Future Days, de 1973 – até o LP final, Rite Time, lançado em 1989.

Além do trabalho com o Can, Liebezeit foi baterista no álbum Before and After Science, de Brian Eno, e In the Garden, do Eurythmics, além de diversos discos de Jah Wobble e de Michael Rother (do Neu!), e do projeto dele próprio, Drums Off Chaos.

Abaixo, ouça algumas músicas de Liebezeit com o Can.