Novo James Bond tem filmagens interrompidas

Endividamento da MGM leva produtores a suspenderem por tempo indeterminado as gravações do novo longa da franquia de 007

Da redação Publicado em 20/04/2010, às 13h11

As filmagens do novo filme da franquia James Bond foram suspensas por tempo indeterminado, segundo informaram os produtores Michael G. Wilson e Barbara Broccoli, nesta segunda, 19. O motivo é a falta de verba para a realização do longa-metragem.

O filme da Eon Productions junto à MGM, que seria dirigido pelo vencedor do Oscar Sam Mendes, tinha seu lançamento agendado para o final de 2011, início de 2012, coincidindo com a celebração dos 50 anos da franquia. Contudo, os problemas financeiros enfrentados pelos estúdios da MGM levaram à pausa nas gravações de Bond 23.

"Devido às incertezas sobre o futuro da MGM e o fracasso nas tentativas de venda do estúdio, suspendemos o desenvolvimento de Bond 23 por tempo indeterminado", informou a equipe da Eon Productions. "Ainda não sabemos quando retomaremos as filmagens e não temos a data para o lançamento do filme."

Atualmente, a MGM possui uma dívida de cerca de US$ 3,7 bilhões e James Bond representa seu produto de maior lucro. Bond 23 sequenciará o longa de 2008 007 - Quantum of Solace e também contará com Daniel Craig no papel principal. "Tenho toda a confiança na decisão Barbara e Michael e estou ansioso para retomar à produção o mais rápido possível", disse o ator, em entrevista ao The Guardian.