James Cameron critica Aquaman por falta de realismo

“Eu consigo gostar do filme, mas não me impressiona porque não parece real”, contou o diretor

Redação Publicado em 13/02/2019, às 17h32

None
Jason Momoa em Aquaman (Foto:Reprodução)

James Cameron, diretor de filmes nos quais a água  tem um papel importante, como Titanic e O Segredo do Abismo, assistiu a Aquaman e, em entrevista ao Yahoo, o cineasta contou o que achou do mais novo sucesso da DC.

Ao mesmo tempo, ele parece se perder entre dizer que gostou, e criticar a falta de realismo em um filme de super-herói.

“É bem divertido”, disse. E acrescentou: “Você aceita ele de acordo com seus próprios termos. Mas eu já passei muitas horas debaixo d'água. Sou muito literal quando o assunto é reproduzir isso. É preciso parecer real. Então eu consigo gostar do filme, mas não me impressiona porque não parece real.”

O diretor canadense afirmou também que, justamente por essa falta de realismo, Aquaman é um filme que ele nunca poderia ter feito. “Exige uma desconexão total com qualquer senso de física ou realidade. Ele existe em algum lugar entre uma paisagem mítica grega e uma de conto de fadas.”

Cameron ainda exemplificou um dos pontos que mais o deixou indignado: “As pessoas meio que disparam de um lado para o outro na água porque... eles se impulsionam com a mente, eu acho? Não sei. Mas é legal.”

Ele revelou também que, partindo da ideia de ser um filme que se passa no oceano, faltou abordar questões ambientais e principalmente a preservação desse habitat. “Estamos fazendo muitas cenas submersas na continuação de Avatar, e vai ser bem diferente disso”.