James Cameron estava 'doidão de ecstasy' ao escrever O Exterminador do Futuro 2; entenda

Além da 'substância', uma música do Sting inspirou James Cameron a escrever o roteiro para O Exterminador do Futuro 2

Itaici Brunetti Publicado em 02/07/2021, às 10h12

None
James Cameron (Foto: Willy San Juan / Invision / AP)

O diretor vencedor do Oscar, James Cameron, revelou que estava "doidão de ecstasy" ao escrever o roteiro de O Exterminador do Futuro 2 - O Julgamento Final (1991), clássico da ação que está completando 30 anos. 

Em entrevista ao The Ringer, James Cameron disse também que, além da "substância" que ajudou a escrever O Exterminador do Futuro 2 - O Julgamento Final, uma música do Sting o inspirou na direção em que o roteiro deveria seguir.

+++LEIA MAIS: James Cameron se arrepende de ser ‘ditador’ nos sets de filmagens; entenda

"Lembro-me de sentar para escrever o roteiro de O Exterminador do Futuro, e fiquei impressionado com a música 'Russians', de Sting, na parte em que ele canta: "Espero que os russos amem seus filhos também", disse o diretor. "Eu pensei: 'Quer saber? A ideia de uma guerra nuclear é tão antitética para a própria vida'. Foi dai que surgiu o garoto," revelou. 

O garoto citado por James Cameron é o personagem John Connor, interpretado pelo ator Edward Furlong, que tinha 13 anos na época das filmagens de O Exterminador do Futuro 2 - O Julgamento Final.

+++LEIA MAIS: Por que Sting, ex-The Police, recusou o papel de Kyle Reese em Exterminador do Futuro?

As informações são do Insider


+++ OS 5 DISCOS ESSENCIAIS DE BOB DYLAN | ROLLING STONE BRASIL