James Cameron se arrepende de ser ‘ditador’ nos sets de filmagens; entenda

O diretor gostaria de ter sido mais compreensivo e busca ser como Ron Howard no futuro

Julia Harumi Morita Publicado em 28/06/2021, às 08h51 - Atualizado às 08h54

None
James Cameron (Foto: Willy San Juan / Invision / AP)

James Cameron possui fama de "ditador", mas não gosta nem um pouco do título. Segundo informações do SlashFilm, reproduzidas pelo Omelete, o diretor falou sobre a reputação dele durante uma aula da plataforma MasterClass.

Cameron gostaria de ter sido mais compreensivo com as pessoas nos sets de filmagens. "Eu poderia ter sido um ouvinte melhor. Poderia ter sido menos autocrático. Poderia ter entendido que as pessoas, os seres humanos, são mais importantes do que o filme," disse o cineasta.

+++ LEIA MAIS: Por que Sting, ex-The Police, recusou o papel de Kyle Reese em Exterminador do Futuro?

O diretor dos sucessos Titanic (1997) e O Exterminador do Futuro (1984), e responsável pela sequência de Avatar (2009), também falou sobre o papel de um líder e citou o colega Ron Howard (O Código Da Vinci), o qual deixou Cameron surpreso "com a quantidade de tempo que passava elogiando os atores e a equipe dele."

"Fazer filmes é um longo processo de aprendizado, e eu gostaria que alguém tivesse me ensinado antes qual é o papel do líder de um grupo. [Cinema] não é uma ditadura, é um processo colaborativo."

+++ LEIA MAIS: Por que Kate Winslet ‘chorava por horas’ depois de filmar cenas de Titanic?

Cameron continuou: "Eu e Ron somos pessoas muito diferentes, mas minha aspiração, hoje em dia, é encontrar o Ron Howard que existe dentro de mim."


+++ OS 5 DISCOS ESSENCIAIS DE BOB DYLAN | ROLLING STONE BRASIL