James Cromwell, ator indicado ao Oscar, é condenado a sete dias de prisão

O artista e ativista de 77 anos se recusou a pagar multa referente a um protesto

Redação Publicado em 03/07/2017, às 12h31 - Atualizado às 17h12

O ator James Cromwell
Christopher Smith/Invision/AP

James Cromwell, ator indicado ao Oscar por Babe, o Porquinho Atrapalhado (1995), foi condenado a sete dias de prisão depois de se recusar a pagar uma multa de US$ 375.

A punição era referente à participação de Cromwell em um protesto contra a empresa norte-americana Competitive Power Ventures, que aconteceu em 2015, em Wawayanda, Nova York. O ator foi condenado por ter obstruído o tráfego de carros junto a outras cinco pessoas.

Na ocasião, os presentes contestavam a alta emissão de carbono da usina de gás natural, alegando que isso trazia uma ameaça ambiental ao acelerar a mudança climática do local. Em entrevista ao jornal Times Herald-Record, o ator falou sobre a decisão. “Se não ficarmos juntos, nada mudará. Poder para o povo.”

Cromwell, que ganhou o Emmy de Melhor Ator Coadjuvante em Minissérie ou Telefilme em 2013, pela atuação em Asylum, a segunda temporada de American Horror Story, está escalado para o elenco de Jurassic World: Fallen Kingdom. O filme, que tem lançamento marcado, nos Estados Unidos, para 22 de junho de 2018, dá sequência a Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros (2015).