James Franco atuará em drama indie como projeto de faculdade

Estudante de cinema na Universidade de Nova York, ator fará filme de baixo orçamento; ele também está de olho no papel de Jeff Buckley nos cinemas

Da redação Publicado em 09/06/2009, às 12h09

James Franco começará a rodar nesta segunda, 15, em Nova York, o drama indie In Praise of Shadows, informou a revista Variety.

O projeto faz parte da carreira acadêmica do ator, que acabou de completar o primeiro ano de cinema da Universidade de Nova York. Tocado por Jay Anania, à frente do programa de direção do curso, o filme terá orçamento inferior a US$ 10 milhões (R$ 19,4 mi) - quantia pálida ante a multimilionária franquia Homem-Aranha, pela qual Franco ficou conhecido por atuar como Harry Osborn.

William Vincent, um homem que volta à NY para socorrer a mulher amada de um sindicato do crime, será mais um papel à margem do mainstream na trajetória do ator - que, paralelamente ao diploma de cineasta, está perto de se graduar como mestre em Inglês, pela Universidade Columbia. Ganhador, em 2001, do Globo de Ouro pela minissérie James Dean, na qual interpretou o papel-título (James também foi indicado à premiação em 2009, pelo papel na comédia Segurando as Pontas), o ator será o poeta beatnik Allen Ginsberg, em Howl - baseado em Uivo (1956), nome em português para a obra mais célebre do escritor.

Antes de voltar às aulas, no outono (primavera, para o Hemisfério Sul), Franco ainda deve gravar Your Highness, comédia com Natalie Portman. Outro filme na linha é Date Night, comédia com super elenco que terá como casal-base Steve Carell e Tina Fey.

De acordo com o jornal australiano The Aussie Courier Mail, ele também estaria interessado em viver Jeff Buckley, morto em 1997, em uma cinebiografia há tempos anunciada. Com produção de Orian Williams (de Control, cinebio de Ian Curtis, do Joy Division), a produção ainda não tem roteiro pronto. Mas, além de Franco, Jared Leto, Robert Pattinson e James Marsden teriam demonstrado interesse no papel. Shia LaBeouf, no ano passado, foi outro nome mencionado para a tarefa de interpretar o filho de Tim Buckley nos cinemas.