James Gunn, diretor de Esquadrão Suicida, reage ao diagnóstico positivo de Idris Elba para coronavírus

Artistas trabalharam juntos nas filmagens de Esquadrão Suicida 2

Redação Publicado em 18/03/2020, às 12h52

None
Idris Elba (Foto:Richard Shotwell/Invision/AP) e James Gunn (Foto: Evgenya Novozhenina/Sputnik via AP)

Na última segunda, 16, o ator Idris Elba revelou ter sido diagnosticado com coronavírus, ele ainda aproveitou para alertar as pessoas para tomarem cuidado em relação a doença e afirmou estar tudo bem. Com esta notícia, James Gunn, que trabalhou com o ator em Esquadrão Suicida 2, reagiu ao diagnóstico.

De acordo com o CinemaBlend, Gunn disse: "Acabamos de mandar uma mensagem e ele parece de bom humor. Ele é um cara legal e está nas minhas orações". Mas, mesmo com Idris Elba bem, o diretor expressou preocupação, "Estou preocupado com ele, é claro, mas agora ele não está apresentando sintomas, o que é bom". 

+++LEIA MAIS: Ryan Reynolds doa US$ 1 milhão contra coronavírus - e consegue fazer disso uma piada com Hugh Jackman

James Gunn aproveitou o tema e alertou sobre o Covid-19: "Mas isso nos mostra que por aí podemos contrair [coronavírus] de alguém sem sintomas - dos quais existem muitos, porque não estamos preparados para testar adequadamente as pessoas nos EUA". Gunn finalizou com uma brincadeira, "Então se distancie socialmente o máximo possível!".

Idris Elba e James Gunn trabalharam em Esquadrão Suicida 2, cuja estreia está marcada para 2021. O filme deve se basear nas HQs antigas do grupo, da época de 1980 e trazer novos nomes no elenco, como Elba e John Cena, além dos vistos no primeiro filme, como Viola Davis, Margot Robbie, Jai Courtney, entre outros.


+++ GUNS N' ROSES: 11 FATOS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A BANDA