Jane Fonda revela que não ter transado com Marvin Gaye é o 'maior arrependimento da vida' e chama Marlon Brando de 'decepcionante'

Na época, a atriz era casada com Tom Hayden

Redação Publicado em 04/09/2020, às 08h48

None
Jane Fonda (Foto: Jordan Strauss/ Invision/ AP)

Em recente entrevista ao The New York Times, a atriz de 82 anos Jane Fonda revelou que não ter transado com Marvin Gaye é o "maior arrependimento da vida". Além disso, ela falou sobre ter tido relações sexuais com Marlon Brando, dito por ela como decepcionante - eles atuaram juntos em A Caçada Humana (1966).

Em determinado momento da entrevista, a artista foi perguntada se o maior arrependimento da vida dela seria nunca ter feito sexo com Che Guevara. Não, eu não penso sobre ele. Em quem eu penso, e o que é um grande arrependimento, é Marvin Gaye. Ele queria e eu não", revelou Fonda

+++LEIA MAIS: Will Smith fica desconfortável com filha adolescente, Willow, contando TUDO para ele: 'Você precisa mentir'

Um dos motivos foi que ela era casada com Tom Hayden: Eu estava conhecendo muitos artistas para tentar fazer shows para Tom e a mulher que estava me ajudando a fazer isso me apresentou a Marvin Gaye". O ex-casal se casou em 1963 e ficaram juntos por 17 anos antes de se divorciarem em 1990. Os dois tiveram um filho chamado Troy Garity, de 47 anos.

Na mesma entrevista, Jane Fonda  aproveitou para dar detalhes do relacionamento dela com Marlon Brando. "Decepcionante. Mas um ótimo ator", comentou a atriz. A matéria ainda disse que a artista ainda tem a "mesma intensidade que a fez duas vezes ganhadora do Oscar".


+++ DESAFIO! FREJAT ESCOLHE OS MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO