Jarvis Cocker confirma que o Pulp dará um tempo em 2013

Banda, que se reuniu em 2011 após dez anos de hiato, está fora dos planos do vocalista

Redação Publicado em 18/06/2013, às 17h36 - Atualizado às 18h01

"Common People", do disco Different Class, lançado em 1996, foi o grande momento do show
Stephan Solon/XYZ Live/Divulgação

Jarvis Cocker anunciou em entrevista ao site do semanário inglês NME que o Pulp não tocará em 2013. Ele explicou o que havia dito durante o show em Sheffield, cidade-natal da banda, no fim do ano passado.

Assim como o Pulp, relembre outras bandas que chegaram ao fim, mas retornaram.

Na ocasião, ele disse ao microfone: “é isso, por enquanto”. Ao ser questionado sobre o significado daquilo, Jarvis anunciou o que já era esperado por alguns fãs da banda. “Por um tempo, entende? Foi um bom show naquela noite, foi legal. Mas você não consegue fazer certas coisas. O Pulp não irá tocar neste ano.”

O Pulp teve uma carreira curiosa. No início, entre 1978 e 1992, eles passaram quase despercebidos. Estouraram estouraram entre 1994 a 2001, mas, no ano seguinte, Jarvis seguiu em carreira solo. Foi somente em 2011 que eles decidiram se reunir e voltar aos palcos.

Aproveitando o retorno, o Pulp esteve recentemente no Brasil pela primeira vez. Clique aqui para ver fotos e saber como foi a apresentação em São Paulo.

A banda está fora dos planos de Jarvis, que recentemente compôs a trilha sonora do documentário The Big Melt, cujo tema central é a famosa indústria de aço de Sheffield.