Jennifer Hudson pode testemunhar no julgamento do assassino de sua família

Cantora foi chamada por promotores a comparecer ao tribunal em abril pelas mortes de sua mãe, irmão e sobrinho em 2008

Rolling Stone EUA Publicado em 29/02/2012, às 12h25 - Atualizado às 12h31

Jennifer Hudson
AP

A atriz e cantora Jennifer Hudson, vencedora de um Oscar, será chamada a testemunhar no julgamento do homem acusado de matar sua mãe, irmão e sobrinho de sete anos de idade em 2008. Os promotores ainda não confirmaram se Jennifer irá testemunhar em 9 de abril no julgamento de William Bafour, ex-marido de sua irmã Julia.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

A mãe de Jennifer, Darnell Donerson, e o irmão da cantora, Jason Hudson, foram encontrados mortos na casa da família em 24 de outubro de 2008. O corpo do sobrinho, uma criança do antigo relacionamento de Julia, foi encontrado dias depois em um veículo a muitos quilômetros de distância. A polícia ligou os assassinatos após recuperar uma arma, aparentemente usada nos dois casos. Os promotores alegam que Balfour matou os três em um "acesso de ciúmes".