Jennifer Lopez processa ex-motorista por extorsão

Cantora afirma que Hakob Manoukian cobrou US$ 2,8 milhões para não “revelar informações delicadas e pessoais”

Rolling Stone EUA Publicado em 08/08/2012, às 11h35 - Atualizado às 12h13

Jennifer Lopez foi eleita pela Forbes a celebridade mais poderosa do mundo. A cantora teve um boom na carreira depois de se tornar jurada do programa American Idol. Na galeria a seguir, veja o Top 10 da lista.
AP

Jennifer Lopez está processando seu ex-motorista e chefe de sua segurança pessoal por, segundo ela afirma, tentativa de a chantagear. A informação é da CNN.

Em um processo aberto na semana passada em Los Angeles, Jennifer, seu empresário e sua produtora dizem que o motorista Hakob Manoukian ameaçou “revelar informações delicadas e pessoais que ele afirma ter ouvido enquanto trabalhava para a cantora”, a não ser que ela pagasse a ele US$ 2,8 milhões. Agora, os advogados pedem US$ 20 milhões de indenização.

Veja como foi o show de J-Lo no Pop Music Festival, em São Paulo.

A ação legal é uma resposta a outro processo aberto por Manoukian em abril, no qual ele acusava a cantora, seu empresário e sua produtora de violarem seu contrato após ele ter sido orientado a cancelar o serviço de segurança para uma filmagem. O arquivo aberto por Jennifer Lopez alega que o funcionário ficou “hostil e agressivo porque erroneamente e sem razão alguma acreditou que ele tinha o direito de designar a equipe de segurança e lucrar com isto”.

Manoukian começou a trabalhar para J-Lo após deixar o emprego que tinha na produtora de Marc Anthony, ex-marido da cantora. O motorista saiu depois de um mês, segundo Jennifer, “sob falsos argumentos” de que estaria em condições de trabalho “intoleráveis”.

A artista, que recentemente anunciou que não fará mais parte da bancada de jurados do American Idol, está em turnê com Enrique Iglesias até o início de setembro, quando começará temporada de shows pela Europa.