Jermaine Jackson canta "Smile" em homenagem ao Rei do Pop

Música do filme Tempos Modernos, escrita por Charles Chaplin, era a favorita de Michael, disse a atriz Brooke Shields

Da redação Publicado em 07/07/2009, às 18h11

Conforme programado, os astros do basquete norte-americano Magic Johnson e Kobe Bryant (jogador do Los Angeles Lakers) se juntaram no palco do Staples Center para falar de suas próprias experiências com Michael Jackson. Ambos lembraram também das ações filantrópicas do cantor e apontaram que foi ele quem abriu as portas para os afroamericanos.

Na sequência, a cantora Jennifer Hudson, grávida, foi para baixo dos holofotes e apresentou uma versão para "Will You Be There", do disco Dangerous, de 1991. O reverendo Al Sharpton foi o próximo convidado e fez seu pronunciamento ao popstar, em meio a louvores e agradecimentos.

John Mayer trocou a voz pela guitarra e mostrou o lado instrumental para "Human Nature", faixa de Thriller. Em seguida, foi a vez de a atriz Brooke Shields, ex-namorada e amiga de Michael, falar sobre sua relação com o cantor. "Não gravamos músicas, nem nos apresentamos no mesmo palco, mas o que fizemos juntos foi rir", disse, emocionada. A artista leu ainda uma passagem do clássico O Pequeno Príncipe, do francês Antoine de Saint-Exupéry.

E contou: "A música favorita de Michael não era uma de suas obras-primas, mas uma do filme Tempos Modernos, escrita por Charles Chaplin, chamada 'Smile'". Essa foi a deixa para Jermaine Jackson, irmão mais velho do astro, aparecer no palco e começar a cantar a música (Michael gravou a faixa - com letra de John Turner e Geoffrey Parsons - no disco HIStory).