Jim Carrey fala sobre batalha contra depressão: “Ela não me sufoca mais”

Ator, que é assunto de novo documentário da Netflix, deu entrevista a portal britânico sobre a doença

Redação Publicado em 23/11/2017, às 12h02 - Atualizado às 16h26

Jim Carrey

Ver Galeria
(2 imagens)

Em uma entrevista recente ao portal de notícias britânico i, Jim Carrey falou sobre a contínua batalha contra a depressão. O ator afirmou que atualmente a doença “não permanece durante tempo suficiente para sufocá-lo”.

O astro de filmes como Ace Ventura - Um Detetive Diferente (1994), O Show de Truman (1998) e Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças (2004) discutiu publicamente o assunto pela primeira vez em 2004, em uma entrevista à CBS News. Na época, explicou: “existem picos e vales. Mas são sempre cavados e suavizados para que você sinta em um permanente nível de desespero. Para que você fique em um lugar sem respostas, ainda que viva bem. Assim, você consegue sorrir quando está no escritório, mas continua em um baixo nível de aflição. Entende?”

Assista a uma performance de Jim Carrey e Alice Cooper no Havaí

Ao i, Carrey afirmou que após 13 anos ele “não tem mais depressão”. “Não há uma experiência depressiva. Eu tive por anos, mas agora quando a chuva chega, chove, mas não permanece. Ela não fica mais o tempo suficiente para me sufocar e me afogar.”

No último dia 17 de novembro, estreou na Netflix Jim & Andy: The Great Beyond, mais novo documentário da plataforma estrelando Carrey. O filme traz imagens dos bastidores de O Mundo de Andy (1999), em que o ator interpretou o comediante Andy Kaufman. A obra tem como foco a vida de Carrey durante e logo após o fim das filmagens, momento em que ele tenta voltar à “vida normal” após ter encontrado uma nova persona. Assista ao trailer abaixo.