Jimi Hendrix e The Who brigaram para tocar primeiro no Monterey Pop Festival de 1967 - Hendrix perdeu, mas entrou para a história

Reza a lenda que Hendrix e Pete Townsend tiveram uma lendária Jam Session para resolver a questão

Redação Publicado em 16/04/2020, às 13h55

None
Jimi Hendrix (foto: Bruce Fleming / AP)

Não há muitas pessoas dispostas a enfrentar Jimi Hendrix, sempre de guitarra numa mão e um Zippo na outra. Mas o próprio cowboy do The Who, Pete Townshend, fez exatamente isso quando Hendrix conheceu a banda no festival Monterey Pop.

O festival seria a primeira oportunidade de várias bandas em solo americano. Embora a invasão britânica tivesse começado, apenas os Beatles e os Rolling Stones haviam se destacado nas paradas. Isso significava que o festival hippie de Monterey era um objetivo aberto para o The Who e até para o americano Jimi Hendrix.

+++LEIA MAIS: Assista ao último show de Jimi Hendrix, dias antes do guitarrista morrer de overdose

Em 1967, The Who havia se tornado um ato estabelecido na Grã-Bretanha. Com Roger Daltrey nos vocais, John Entwhistle no baixo, Keith Moon na bateria e Townshend na guitarra, o grupo criou seu próprio nicho. E para isso, eles usaram um dos muitos fragmentos de violão quebrado que estavam espalhados pelo palco.

Um homem com uma performance ao vivo igualmente impressionante também estava iluminando todos os clubes de Londres era Jimi Hendrix. Recém-chegado a Grã-Bretanha em uma onda de hype, Hendrix estava tentando fazer um nome na terra natal.

+++LEIA MAIS: Jimi Hendrix chamou Paul McCartney para formar supergrupo com Miles Davis; por que deu errado?

Estava tudo pronto para os dois guitarristas entrarem em conflito. Ambas as bandas tinham um ponto a provar e tinham um show ao vivo incrível. As coisas esquentaram rápido. Townshend inicialmente se aproximou de Hendrix para decidir quem iria subir ao palco primeiro.

Townshend havia encarregado a banda de fazer uma apresentação que "abrisse uma ferida" na música americana e Hendrix não estava preparado para ir sem luta. Reza a lenda que ambos tiveram uma jam session lendária nos bastidores para ver quem pode ir primeiro.

+++ LEIA MAIS: A Morte de Jimi Hendrix: há 49 anos, em meio a circunstâncias ainda obscuras, o maior guitarrista de todos os tempos se despedia 

Mas Townshend viu de maneira diferente e disse a Ultimate Classic Rock: "Eu ouvi Roger falar sobre isso como uma jam session, mas não foi uma jam session. Era apenas Jimi em uma cadeira brincando comigo. Brincando comigo como: 'Não estrague o meu barato, seu merdinha'. ”Em vez disso, eles resolveram as coisas com um bom e velho cara ou coroa.

O The Who venceu na moeda e teria a primeira oportunidade de impressionar. O estilo visceral de tocar da banda deixou todos intrigados, ao encerrar sua apresentação com o hino 'My Generation' e a barulheira obrigatória de instrumentos, todo mundo falava da banda

+++ LEIA MAIS: Pete Townshend pede desculpas por ter dito que agradeceu a Deus quando Keith Moon e John Entwistle morreram

Mas a fama não seria incontestável. Hendrix estava bem ciente do grand-finale (era a principal razão pela qual ele queria ir adiante deles, como alguém poderia competir?). Então ele formou seu próprio plano para ganhar as manchetes

Por isso Hendrix destruiu a guitarra e ateu fogo nela, sacrificando o instrumento, em um ritual que ninguém jamais esqueceria. O The Who pode ter vencido a primeira batalha, mas  Hendrix deixou o Monterey Pop como o vencedor. Assista às duas performances icônicas abaixo:


+++ SESSION RS: SCALENE TOCA ASSOMBRA