J.K. Rowling é acusada de plágio em Harry Potter

Herdeiros do autor Adrian Jacobs afirmam que a escritora "roubou ideias" no quarto livro da saga

Da redação Publicado em 18/02/2010, às 19h04

A escritora J.K.Rowling está sendo acusada de plágio, informou a agência de notícias Associated Press. De acordo com herdeiros de Adrian Jacobs, a autora usou ideias do escritor britânico no livro Harry Potter e o Cálice de Fogo, o quarto da saga, publicado em 2000.

Nesta quarta-feira, 17, os herdeiros de Jacobs incluíram o nome da autora britânica como ré no processo, que já estava em andamento desde junho do ano passado contra a Bloomsbury Publishing PLC, editora da saga milionária.

Os advogados de acusação alegam que Rowling teria se valido de ideias do livro The Adventures of Willy the Wizard, escrito em 1987 por Jacobs, falecido em 1997. Segundo os herdeiros, as partes copiadas são as da competição de magos e a viagem de trem feita pelos feiticeiros.

Imediatamente a autora entrou um com pedido para que o processo aberto contra ela seja arquivado, alegando que a acusação é infundada e absurda.

"Fico triste por ser acusada de copiar o material de outra pessoa para escrever Harry. Eu nunca havia ouvido falar do autor ou do livro antes da primeira acusação, feita em 2004 pelos herdeiros", disse a autora de 44 anos. A editora Bloomsbury informou que há cerca de seis anos os responsáveis pelo espólio de Jacobs entraram em contato, mas não conseguiram ligar trechos do livro de Rowling a The Adventures of Willy the Wizard.

O agente australiano Max Markson, representante dos herdeiros de Jacobs, que atualmente vivem na Austrália, revelou que o nome de Rowling foi acrescentado ao processo porque eles perceberam que ainda havia possibilidade de processá-la. "Estimo ser um caso de US$ 1 bilhão", completou Markson.

No ano passado, a Bloomsbury se defendeu da acusação de violação de direitos autorais dizendo ser "sem fundamento e totalmente falsa".

Harry Potter e o Cálice de Fogo já rendeu mais de US$ 60 milhões no mundo todo.