João Gordo critica governo Bolsonaro: 'Quem apoia tem as mãos sujas de sangue'

Vocalista da banda Ratos de Porão falou sobre o governo e apoiadores do presidente

Redação Publicado em 23/03/2021, às 17h49

None
João Gordo (Foto: Reprodução/Twitter) | Jair Bolsonaro (Foto: Gabriela Bilo / Estadão Conteúdo / Agência Estado / AP Images)

Em uma entrevista ao programa Clube do Vinil de Mossoró, no YouTube, no último domingo, 21 de março,João Gordo, vocalista da banda Ratos de Porão, criticou o governo Bolsonaro e os apoiadores do presidente. 

"Fascista não entende papo, não entende p**** nenhuma, só entende porrada, paulada. […] O cara apoia o Bolsonaro, sabe tudo de errado de filha da p*** que isso representa. Se o cara está nessa, o cara é um mau-caráter", disse, via transcrição do Popline.

+++LEIA MAIS: Manifestantes são presos por chamar Bolsonaro de genocida


+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


O músico acrescentou: "Às vezes o cara nem sabe o que é fascismo, está ligado? O cara é um mau-caráter. Quem está apoiando o Bolsonaro nesse momento tem as mãos sujas de sangue das 300 mil pessoas que morreram. É cúmplice de genocídio". 

"Então se você está me escutando agora aí, seu filho da p***, e você apoia esse desgraçado desse nazi do c******, você também é um filho da p***, velho. Você também é um desgraçado. Você é um mau-caráter", completou.

+++LEIA MAIS: Bolsonaro menospreza recorde de óbitos por Covid-19: 'Em todo local está morrendo gente'

Por fim, Gordo concluiu: "O mundo inteiro está vendo isso aí. Não sou eu que sou louco. 'Ah, o cara é comunista. Petista, vai pra Cuba.' Abre essa cabeça sua. Não é questão de esquerda e direita mais, é uma questão de caos, de hecatombe genocida."

Assista ao vídeo:

+++ LEIA MAIS: Como foi a passagem do Nirvana pelo Brasil em 1993: noite com João Gordo e caos no palco; assista ao show completo


+++ HUNGRIA HIP HOP | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL