João Miguel pode entrar em Tropa de Elite 2

Ator de Estômago negocia para viver deputado de esquerda na sequência do blockbuster brasileiro

Da redação Publicado em 18/09/2009, às 11h45

João Miguel negocia para estrelar, junto a Wagner Moura, Tropa de Elite 2. As conversas com o ator, que pode ser visto no circuito em Se Nada Mais Der Certo, foram confirmadas por Marcos Prado, produtor do longa que dá continuidade à saga do Capitão Nascimento (Moura). José Padilha retorna à direção.

De acordo com a coluna de quinta, 17, de Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, caso se decida por fechar contrato, João Miguel interpretará um deputado de esquerda contrário às táticas violentas usadas pelo personagem de Moura para combater o crime. O destino, porém, entrega a ironia de bandeja: divorciada de Nascimento, Rosane (Maria Ribeiro) acaba se casando com o político. Quando o filho do ex-casal é sequestrado, deputado e policial conversador travam improvável parceria, iniciando uma guerra que desencadeará violência párea à do primeiro filme.

Prado não confirmou - mas também não negou - o suposto enredo da produção, que começa a ser rodada em 14 de janeiro.

Desde que chegou às ruas, numa onda de pirataria que antecedeu a estreia oficial, Tropa de Elite se viu envolto em polêmica. Há quem acuse Padilha de ter feito uma obra com resquícios fascistas, ao propor uma suposta defesa aos métodos (entre eles, a tortura) do Batalhão de Operações Policiais Especiais, o BOPE.

Em 2008, após polarizar a opinião internacional,Tropa de Elite conquistou o Urso de Ouro no Festival de Berlim.

Entre os destaques na carreira de João Miguel, estão Estômago e Cinema, Aspirinas e Urubus.