Joaquin Phoenix e Robert De Niro tiveram desavença durante processo de Coringa; veja

De Niro tradicionalmente faz uma leitura do roteiro

Redação Publicado em 11/04/2020, às 11h00

None
Joaquin Phoenix em Coringa (Foto: Reprodução Warner)

No início da produção de Coringa (2019) Joaquin Phoenix e Robert De Niro tiveram um conflito nos bastidores. 

De Niro gosta de reunir todo o elenco, diretor e roteiristas para fazer uma leitura conjunta do primeiro roteiro aprovado. É uma parte importante do processo, já que atores podem opinar, questionar e ter uma visão mais completa da história. Entretanto, Phoenix não concordou com o colega.

+++LEIA MAIS: Estúdio quer múltiplas sequências de Coringa - com ou sem Joaquin Phoenix, diz rumor

O intérprete do Coringa não gosta de ensaiar ou de fazer leituras conjuntas do roteiro, pois a ansiedade causada pela ausência desses métodos dá espontaneidade ao trabalho dele. Mesmo assim, De Niro disse ao diretor Todd Phillips, enfaticamente:

" Diga a ele [Phoenix] que é um ator como qualquer outro e tem que estar na leitura. Eu gosto de ouvir ao filme inteiro. Nós vamos colocar todo mundo em um quarto e vamos ler."

+++LEIA MAIS: Fã imagina como seria o Coringa de Johnny Depp no filme The Batman, de Robert Pattinson

Depois de reagir inicialmente com um "Nem fo***** que eu vou fazer uma leitura", Joaquin Phoenix aceitou depois o pedido do colega, provavelmente devido à admiração por Robert De Niro.


+++ DISCOGRAFIA DO THE STROKES: OS ALTOS E BAIXOS DOS ARRUACEIROS DE NOVA YORK